PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL São Paulo

O podcast para o torcedor tricolor


OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

UOL São Paulo #31: Jogo com Galo pode ser a retomada do Tricolor

Do UOL, em São Paulo

28/09/2021 16h00

Embora não tenha apresentado um grande desempenho contra o Atlético-MG, o São Paulo deve aproveitar o empate sem gols no Morumbi como uma retomada no Brasileirão. Os pontos positivos apresentados diante do Galo animam para a sequência do campeonato, ainda mais tendo a lanterna Chapecoense como sua próxima adversária.

No podcast UOL São Paulo #31 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Vanderlei Lima e o colunista Menon analisam como o 0 a 0 com o líder do torneio pode devolver a confiança ao elenco são-paulino.

"O jogo contra o Galo pode ter sido o início de uma retomada do São Paulo. Não que tenha sido um grande espetáculo do time, mas pelo menos foi muito competitivo e que soube marcar muito as principais jogadas do Galo. A torcida pode se lembrar do primeiro turno, quando o São Paulo perdeu por 1 a 0. O Hulk carregou a bola como se estivesse desfilando pelo tapete vermelho do Oscar. Dessa vez, não. Ele levou várias faltas e sofreu uma marcação bem dura", apontou Menon, referindo-se ao jogo no Mineirão.

O colunista destacou que a postura do Tricolor diante do Atlético-MG foi bem diferente daquele do empate sem gols contra o América-MG, também no Morumbi. "O São Paulo mostrou uma competitividade que não exibiu contra o América-MG, que é mais fraco do que o Galo. Quem sabe, a partir daí, o time possa se recuperar na luta por uma vaga no G-8. O próximo jogo é contra a Chapecoense fora de casa. Tem que ganhar esse jogo e depois ver o que acontece", disse.

O desempenho contra o líder do Brasileirão traz mais confiança ao elenco para encarar a Chapecoense, para Menon. "O empate com o América-MG foi péssimo, porque o time não mostrou atitude alguma. Na parte técnica, acho que é diferente. O São Paulo jogou contra o Galo de uma maneira muito forte defensivamente com três zagueiros e dois volantes. Mas lá em Chapecó o São Paulo tem que mandar no jogo e se impor. É outra atitude técnica e a confiança pode ajudar nisso", comentou.

Após a Chape, o Tricolor faz o clássico com o Santos e pega o Cuiabá fora de casa. Para Menon, trata-se de uma sequência decisiva para as pretensões da equipe na temporada. "No primeiro turno, o São Paulo estava ganhando e houve uma falha do Liziero. Essa vitória tem que acontecer. A Chapecoense só ganhou um jogo até agora, mas melhorou um pouco com o Pintado. São três jogos nos quais o São Paulo tem que mostrar que está na briga pelo G-8, e não contra o rebaixamento", concluiu, lembrando que o São Pulo ficou no 1 a 1 com o time catarinense no Morumbi.

Ouça o podcast UOL São Paulo e confira também a discussão sobre as críticas à preparação física da equipe, que gerou uma desconfiança interna no clube.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL São Paulo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL