PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Impasse com a Fifa mantém até data de convocação da seleção em dúvida

Seleção de Tite venceu os quatro jogos das Eliminatórias e pode ter desfalques importantes nos próximos - Nelson Almeida-Pool/Getty Images
Seleção de Tite venceu os quatro jogos das Eliminatórias e pode ter desfalques importantes nos próximos Imagem: Nelson Almeida-Pool/Getty Images

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

02/03/2021 18h37

Classificação e Jogos

Inicialmente prevista para acontecer nesta sexta-feira (5), a convocação da seleção brasileira para as duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar ainda não tem uma data confirmada.

Normalmente, as convocações ocorrem 15 dias antes do início da data Fifa, que é quando os 23 jogadores chamados se apresentam ao técnico Tite. O Brasil joga no dia 26, fora de casa, contra a Colômbia, então esta apresentação será no dia 22 de março, uma segunda-feira. Como 15 dias antes cai num domingo, a tendência era que a lista de convocados fosse divulgada nesta sexta, o que não irá ocorrer.

A razão disso é um impasse que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vive com a Fifa. Clubes de países como Alemanha, Inglaterra e Itália pretendem usar uma prerrogativa da própria entidade e impedir liberações de jogadores por causa das restrições de viagens impostas pelos Governos destes países em meio ao agravamento da pandemia, como mostrou o UOL Esporte.

A seleção ainda não sabe se poderá contar com jogadores de clubes destes países, que na última convocação representaram 11 de 23 nomes. Assim, o anúncio da lista foi adiado até que a Fifa se pronuncie. Na última convocação, em novembro de 2020, a entidade ajudou as federações nacionais, mas desta vez ainda não se manifestou.

Gérson - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF
Gérson, volante do Flamengo, pode ganhar espaço na próxima convocação
Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

Enquanto uma flexibilização em caráter de exceção com apoio institucional da Fifa não se concretiza, Tite e seus auxiliares trabalham com diversas possibilidades. Uma delas é a eventualidade de só convocar jogadores de países como Espanha, França e Portugal, excluindo os mais restritivos, e outra é a convocação somente de jogadores que atuam no Brasil.

Entre os nomes que podem ganhar espaço estão Claudinho (Red Bull Bragantino), Edenilson (Internacional), Gérson (Flamengo) e Marinho (Santos), todos bem avaliados internamente. Entre os que jogam fora em países menos restritivos, Lucas Veríssimo (Benfica) e Lucas Paquetá (Lyon) também têm recebido elogios.

À espera de definições, os profissionais da CBF seguem o trabalho normal. Hoje (2), o preparador de goleiros Taffarel se juntou aos outros auxiliares e analistas de Tite para trabalhar na elaboração da lista de convocados.

O Brasil enfrenta a Colômbia em 26 de março, em Barranquilha, e depois embarca para o Recife, onde recebe a Argentina no dia 30, na Arena Pernambuco. Os jogos valem pela quinta e sexta rodadas das Eliminatórias, respectivamente. A equipe dirigida por Tite venceu os quatro jogos até agora.

Futebol