PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sandry 'queima etapas' no Santos devido à lesão e covid-19 de volantes

Sandry carrega a bola em Santos x Sport - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Sandry carrega a bola em Santos x Sport Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

21/01/2021 04h00

O volante Sandry já estava em alta com o técnico Cuca após mostrar que está pronto para atuar entre os titulares do Santos nos dois jogos das quartas de final contra o Grêmio, pela Copa Libertadores. Desta forma, o seu futuro foi antecipado e ele 'queimou etapas' por causa de duas importantes baixas: Alison e Jobson.

O capitão do Peixe foi diagnosticado com covid-19 e ficará ausente por dez dias para cumprir quarentena, o que dificulta a preparação para a decisão continental contra o Palmeiras, dia 30, no Maracanã. A expectativa é que ele retorne na terça-feira (26) que vem. Já Jobson sofreu lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito e também o menisco lateral.

Com a novidade, a expectativa é de que o jovem de 18 anos seja titular contra o Fortaleza, hoje (21), às 19h, na Arena Castelão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Cuca deve ir para a partida com o time mesclado visando a final da Libertadores contra o Palmeiras. Lucas Veríssimo, Diego Pituca, Marinho e Soteldo, por exemplo, devem ser preservados devido ao desgaste dos últimos jogos.

Futebol