PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Com Abel, Yuri iguala média de Galhardo e leva Inter ao topo do Brasileiro

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

21/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

Foram dois os nomes da goleada do Internacional sobre o São Paulo, por 5 a 1, ontem (20), no Morumbi. Abel Braga e Yuri Alberto. A parceria com o treinador já fez o centroavante igualar média de Thiago Galhardo, atual goleador do Brasileirão. O desempenho ajudou a levar o time à liderança da competição.

Só diante do São Paulo, fora de casa, o ex-santista fez três gols. A última vez que um jogador do Inter tinha marcado três vezes na mesma partida havia sido em 2012, quando Leandro Damião comemorou a trinca.

Os números recentes de Yuri são impressionantes. Foram sete gols nos últimos seis compromissos. Considerando toda passagem de Abel Braga pelo comando, são 14 jogos e nove gols — média de 0,6 por partida. Com Eduardo Coudet, ele teve poucas oportunidades.

"Estou muito feliz pelos três gols, pela vitória do grupo. É muito importante para pegarmos confiança. É o melhor momento da minha carreira e quero agradecer ao Inter por me proporcionar isso. Estou realmente muito feliz, e confiante para tentar as jogadas", disse o jogador.

A parceria com Abel fez Yuri, inclusive, iguala a marca de Thiago Galhardo. O artilheiro do Brasileiro marcou 16 vezes em 26 partidas na competição, resultando na mesma média de 0,6 gol por jogo.

"O professor Abel me passa muita confiança, seja como centroavante ou ponta. Ele me deixa jogando mais leve, isso aumenta a minha confiança para tentar", explicou Yuri.

Abel Braga é só elogios a seu comandado. Não apenas pelos três gols contra o São Paulo, mas numa análise geral, entende que Yuri Alberto é diferente da maioria dos centroavantes por aliar capacidade técnica com velocidade e força.

"Ele tem uma coisa diferente que poucos jogadores têm. Aquele jogador mais trombador, tecnicamente mais limitado. O Yuri é um jogador hoje que ele consegue controlar a bola no tiro de meta, passar para os colegas. Não só faz gols", disse o técnico.

"Se pegar os melhores momentos do Yuri, esses jogos que ele jogou. O jogo passado já foi muito bom. Eu não estou falando por gol. Estou falando de performance. A evolução técnica dele é um momento de confiança que está sendo de muita utilidade", completou.

O Colorado terá pela frente o Grêmio na próxima rodada. Domingo (24), no Beira-Rio, mais do que três pontos, o time mira sair de um jejum de vitórias contra o rival que dura desde 2018.

Internacional