PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter goleia São Paulo no Morumbi com três de Yuri Alberto e vira líder

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

20/01/2021 23h20

O Internacional goleou o São Paulo por 5 a 1, na noite de hoje (20), em pleno Morumbi e se tornou líder do Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha garantiu o triunfo no jogo válido pela 31ª rodada com gols de Yuri Alberto (três), Caio Vidal e Víctor Cuesta. Luciano fez o de honra do time paulista.

Com o resultado, o Tricolor paulista cai para a segunda posição, com 57 pontos. O Colorado ocupa a primeira posição, com 59.

Quem foi bem: Yuri Alberto

O centroavante do Internacional fez uma boa partida diante do São Paulo, na noite de hoje, e marcou três gols no jogo disputado no Morumbi. O hat-trick foi construído no segundo tempo do jogo. Ele aproveitou falha da defesa e passes de Peglow e Patrick para balançar a rede de Tiago Volpi. O atacante ainda deu assistência par ao gol marcado por Caio Vidal no primeiro tempo.

Quem foi mal: Gabriel Sara

Escalado como único meia-atacante para o jogo de hoje, Gabriel Sara não rendeu. O jovem falhou ao tentar criar jogadas e se tornou presa fácil para a marcação feita pelos volantes do Internacional. A sua participação foi encerrada no intervalo, com a entrada de Igor Gomes em sua posição.

Luciano volta e marca, mas vê São Paulo ser massacrado

Depois de quatro partidas sem atuar por causa de uma inflamação na perna esquerda, Luciano voltou a jogar pelo São Paulo na noite de hoje. O atacante deixou a sua marca no compromisso ocorrido no Morumbi. Entretanto, ele fez um gol solitário para o Tricolor paulista e viu a sua equipe ser goleada dentro de casa.

Atuação do São Paulo

Irreconhecível, o São Paulo seguiu adotando o pensamento de ter mais posse de bola, como é de praxe com Fernando Diniz. O time ficou com a bola por mais de 70% do tempo, mas encontrou dificuldades para criar chances de balançar a rede adversária. Bem marcado pelo Internacional, viu os seus meias se tornarem presa fácil para a marcação. A equipe voltou a cometer erros na saída de bola, situação exigida por seu comandante. Jogadores como Luan, Vitor Bueno e Daniel Alves falharam no início da construção das jogadas.

Atuação do Internacional

O Internacional começou o jogo com uma postura que ainda não tinha apresentado sob comando de Abel Braga. Adiantou suas linhas e marcou no campo do adversário. Assim, tirou a tranquilidade do rival para sair jogando com toques curtos, como gosta. Não demorou para criar as primeiras chances e marcar os gols. Com dois na frente, porém, o time relaxou e deixou o São Paulo crescer. Mesmo que tenha sofrido o gol de desconto, o Colorado ainda se impôs e criou chances. No segundo tempo, o Inter até foi pressionado, mas não abandonou a marcação ofensiva e foi premiado com uma retomada no ataque e o terceiro gol. Ainda houve tempo para o quarto, o quinto e uma goleada vermelha.

Cronologia do jogo

Víctor Cuesta abriu o placar para o Internacional aos oito minutos após cruzamento de Moisés. Caio Vidal ampliou o marcador aos 24 depois de passe de Yuri Alberto. Luciano diminuiu para o São Paulo aos 36 minutos. Na volta do intervalo, Yuri Alberto marcou em três oportunidades. O atacante fez aos 15, aos 21 e aos 24 minutos da etapa final.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 x 5 INTERNACIONAL

Data: 20 de janeiro de 2021, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro, 31ª rodada
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Michael Correia (ambos do RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartão amarelo: Brenner, Bruno Alves (São Paulo); Caio (Internacional)

Gols: Victor Cuesta, aos 8 minutos do 1º tempo (0-1); Caio, aos 24 minutos do 1º tempo (0-2); Luciano, aos 35 minutos do 1º tempo (1-2); Yuri Alberto, aos 15 minutos do 2º tempo (1-3); Yuri Alberto, aos 21 minutos (1-4); Yuri Alberto, aos 24 minutos (1-5)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran (Paulinho Boia), Bruno Alves, Léo (Vitor Bueno) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Tchê Tchê (Diego Costa) e Gabriel Sara (Igor Gomes); Luciano (Gonzalo Carneiro) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta (Zé Gabriel) e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny), Praxedes (Rodrigo Lindoso), Edenilson, Patrick e Caio Vidal (Peglow); Yuri Alberto (Leandro Fernández). Técnico: Abel Braga

Futebol