PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Zidane assume culpa de eliminação e nega crise: 'Não vamos enlouquecer'

Zinedine Zidane comanda o Real Madrid em partida do Campeonato Espanhol, em julho de 2020 - Denis Doyle/Getty Images
Zinedine Zidane comanda o Real Madrid em partida do Campeonato Espanhol, em julho de 2020 Imagem: Denis Doyle/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/01/2021 20h35

Zinedine Zidane comentou a eliminação do Real Madrid na Copa do Rei para o Alcoyano. Após o empate em 1 a 1 no tempo normal, o mandante da noite conseguiu a vantagem na reta final da prorrogação, fechando a conta em 2 a 1.

Assumindo a culpa do resultado, o francês evitou imputar culpa nos atletas e ainda citou 'falta de sorte' em alguns lances: "Eu sou o treinador, a culpa é minha, é minha responsabilidade. Vou assumir, como sempre. O goleiro deles fez duas ou três defesas, o segundo gol não quis entrar."

Ainda no assunto, o treinador merengue evitou falar sobre crise. Ciente do 'estrago' que a derrota pode causar, Zidane evitou enfatizar a eliminação e citou as competições em que segue vivo.

"Não é uma pena, nada disso. Continuaremos trabalhando para sair daí, já fizemos e faremos novamente. Dói, porque não gostamos de perder, mas não vamos enlouquecer por causa disso. Agora temos La Liga e a Champions League", finalizou.

Esta é a segunda eliminação do Real Madrid em 2021. Além de deixar a Supercopa da Espanha contra o Bilbao, o time espanhol amargou a queda precoce ainda nas oitavas de final da Copa do Rei. Na La Liga o clube é o atual segundo colocado com 37 pontos.

Futebol