PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2020

Final da Libertadores entre Palmeiras e Santos terá arbitragem argentina

Jogadores do Grêmio reclamam com o árbitro argentino Patricio Loustau, no jogo de volta da semifinal da Libertadores de 2019, contra o Flamengo - Buda Mendes/Getty Images
Jogadores do Grêmio reclamam com o árbitro argentino Patricio Loustau, no jogo de volta da semifinal da Libertadores de 2019, contra o Flamengo Imagem: Buda Mendes/Getty Images

17/01/2021 18h05

A Conmebol divulgou na tarde de hoje (17), que o árbitro da final entre Palmeiras e Santos, na Copa Libertadores, no dia 30 de janeiro, às 17h (de Brasília), no estádio do Maracanã, será o argentino Patricio Loustau — o VAR ficará sob o compatriota Mauro Vigliano.

O árbitro de 45 anos apitou o jogo de volta da semifinal da Libertadores do ano passado entre Flamengo e Grêmio — que acabou com uma vitória rubro-negra por 5 a 0. Além disso, na competição continental desta temporada, ele apitou o segundo Gre-Nal, pela quarta rodada do Grupo E — o time comandado por Renato Gaúcho venceu por 1 a 0.

Ele é filho de Juan Carlos Loustau, um dos melhores árbitros argentinos da história. O pai Loustau apitou a final da Copa do Mundo de 1990, na Itália, e, no Brasil, ficou conhecido por ter sido o árbitro na final do Mundial de Clubes de 1992, conquistada pelo São Paulo de Telê Santana, contra o Barcelona.