PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Veiga e Zé Rafael são parte boa da herança de Alexandre Mattos no Palmeiras

Alexandre Mattos apresenta o novo reforço do Palmeiras, Raphael Veiga, em 2016 - Cesar Greco/Palmeiras
Alexandre Mattos apresenta o novo reforço do Palmeiras, Raphael Veiga, em 2016 Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

Flavio Latif

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/11/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras passou por uma grande reformulação no seu departamento de futebol a partir de 2015, e naquele ano contratou 25 jogadores —mais de dois times completos. O grande responsável por essa reestruturação era o diretor de futebol Alexandre Mattos, desde que ele assumiu o cargo em janeiro de 2015 até o dia 1º de dezembro de 2019, foram 76 jogadores contratados.

A política adotada pelo dirigente foi de contratar aos montes e buscando nomes que tiveram destaque em equipes de menor expressão, como é o caso de Raphael Veiga contratado para a temporada de 2017 junto ao Coritiba, e Zé Rafael, que chegou após boa passagem pelo Bahia, em 2019.

Esses são dois exemplos positivos da filosofia de Alexandre Mattos. Veiga é o principal jogador do Palmeiras na temporada 2021 —ele atuou 49 vezes, marcou 16 gols e deu 4 assistências. Zé Rafael é um dos homens de confiança de Abel Ferreira. Na temporada passada, o meia atuou em 61 partidas, neste ano, já está com 44 jogos.

Luiz Adriano, Mayke, Gustavo Gómez, Gustavo Scarpa, Marcos Rocha, Weverton, Deyverson, Felipe Melo, Luan e Dudu são outros nomes contratados por Mattos e que estão no atual elenco.

Por outro lado, muitos jogadores acabaram passando despercebidos no Palmeiras. Dos atletas que foram apresentados ao lado de Zé Rafael —Carlos Eduardo (Athletico-PR), Felipe Pires (Moreirense), Matheus Fernandes e Arthur Cabral (Basel-SUI)— apenas Matheus Fernandes está no time, mas não é a sua primeira passagem, ele foi vendido ao Barcelona, porém, teve o contrato rescindido no clube espanhol.

Palmeiras 2019 - Cesar Greco/Palmeiras - Cesar Greco/Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/Palmeiras

Entre erros e acertos, Alexandre Mattos deixou sua herança no clube Alviverde. Para quem sonha com um retorno do dirigente, não deve ser tão rápido assim. Em agosto deste ano, em entrevista à Rádio Capital, Leila Pereira, quem deve assumir a presidência do clube no ano que vem e é a principal patrocinadora da instituição, garantiu que Mattos não voltará ao Palmeiras se for eleita.

O momento do departamento do futebol palmeirense é outro atualmente. Após a saída de Mattos, o clube priorizou os jovens que se destacaram na base e foram feitas apenas contratações pontuais. A mescla entre as crias da Academia de Futebol e a base fortalecida com o passar dos anos levou o Palmeiras a três títulos na última temporada, e à final da Copa Libertadores 2021.

Palmeiras