PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Jogadores do Grêmio creditam empate a mudança feita por Renato Gaúcho

Do UOL, em Porto Alegre

15/01/2021 23h41

Classificação e Jogos

O Grêmio jogou dois tempos bem diferentes contra o Palmeiras. Apático na etapa inicial, poderia ter sofrido vários gols. Levou três bolas na trave e viu o rival criar outras tantas chances. Mas na segunda etapa, igualou forças e empatou em 1 a 1. No fim, quase virou. E segundo os jogadores, o grande responsável pela evolução foi o técnico Renato Gaúcho.

"O Palmeiras sempre achava um homem livre no primeiro tempo, estava tendo superioridade numérica, chegava com facilidade. O Renato teve uma leitura muito boa, mudou nosso posicionamento e começamos a ganhar campo. A superioridade, no segundo tempo, foi nossa. Tivemos chance de virar o jogo", disse Victor Ferraz.

De fato, além do gol de cabeça de Diego Souza, o Grêmio poderia ter virado em cobrança de falta também dele. Parou no goleiro palmeirense.

"Foi a primeira vez que jogamos neste campo, e sentimos muito. Eles (Palmeiras) estão acostumados com a velocidade da bola, sabem jogar no sintético. É diferente. Isso nos dificultou muito. Estamos acostumados com outra velocidade da bola. Isso deu um grande volume para eles. Mas o Renato é muito inteligente e mudou nosso posicionamento, passamos a bloquear a bola que vinha do Luan, zagueiro, tivemos sucesso, empatamos e poderíamos ter virado o jogo", disse Diego Souza.

O Tricolor soma 50 pontos e é o quarto colocado na classificação do Brasileiro.

Grêmio