PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Disputa com "pratas da casa" cresce, e Mauricio é pouco utilizado no Inter

Mauricio não tem atuado com frequência no Internacional - Ricardo Duarte/Inter
Mauricio não tem atuado com frequência no Internacional Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

12/01/2021 11h54

Classificação e Jogos

Mauricio foi contratado pelo Inter no início de novembro do ano passado. Egresso do Cruzeiro em negociação que envolveu William Pottker, o meia de 19 anos chegou como alternativa para o setor de criação do time. Logo de cara conviveu com a mudança de comando técnico, e em seguida foi perdendo espaço para "pratas da casa". Hoje, recebe poucas oportunidades no time.

A saída de Eduardo Coudet não pode ser vista como um fator que atrapalhou Mauricio. O jogador não foi pedido do técnico, que inclusive minimizou sua chegada. Quando a direção confirmou a contratação, o argentino que atualmente comanda o Celta, da Espanha, disse se tratar de um jogador "com pouca experiência na primeira divisão".

Ele ficou no banco na última partida de Coudet no comando do Inter. Em seguida, com Abel Braga, com quem tinha trabalhado no Cruzeiro, poderia ver novos horizontes. E até foi utilizado nas primeiras oportunidades do treinador. Marcou um gol contra o Fluminense, esteve no duelo com o Santos, suas únicas chances como titular.

Em seguida veio o banco de reservas e participações contra Atlético-GO, Boca Juniors e Atlético-MG. Nos últimos quatro jogos para os quais foi relacionado, ele ficou na reserva e não entrou.

O problema para Mauricio foi o crescimento dos "pratas da casa". Jogadores formados na base do Inter que passaram a ganhar oportunidades. Pela direita, Caio Vidal foi fixado como titular. No centro do campo, Praxedes abraçou a chance que recebeu e vem crescendo. Peglow e Nonato são opções também mais utilizadas, deixando pouco espaço para entrada na equipe.

Ao todo são cinco jogos, um total de 250 minutos em campo, o que gera média de 50 minutos por partida. Um gol marcado.

Mas isso não significa que o Colorado desista, ou não esteja satisfeito com o jogador. Aposta para o futuro, Mauricio carrega histórico de participação em seleção brasileira de base e grande expectativa. Além de ser jovem, ele assinou vínculo de cinco temporadas e terá tempo para ser melhor aproveitado.

O Inter encara o Fortaleza, domingo, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Internacional