PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Coudet não se empolga com ex-Cruzeiro e prevê adaptação à "1ª divisão"

Maurício, meia-atacante que deixou o Cruzeiro, agora defenderá o Internacional - Bruno Haddad/Cruzeiro
Maurício, meia-atacante que deixou o Cruzeiro, agora defenderá o Internacional Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

04/11/2020 04h00

O técnico Eduardo Coudet não se mostrou empolgado com a chegada de Maurício ao Inter. O jogador que estava no Cruzeiro, na opinião do treinador, passará por um processo de adaptação à primeira divisão, natural para os atletas jovens. A Raposa disputa a Série B do Brasileirão nesta temporada.

Coudet utilizou termos semelhantes quando tratou de Yuri Alberto, que chegou do Santos — onde atuava mais na equipe sub-23. O jogador não foi utilizado logo de cara porque precisava, na avaliação da comissão técnica, ganhar mais experiência na elite do futebol, onde a exigência é, naturalmente, mais alta.

"A direção tenta ser engenhosa, mas falo dele (Maurício) o que eu falei do Yuri (Alberto). É um jogador que praticamente não jogou na primeira divisão. Vamos tentar adaptar o mais rápido possível e transformar ele em um jogador de primeira divisão. Não conto como reforço porque é um jogador que seguramente terá que trabalhar. Não posso tomar como solução para dentro de três ou quatro dias", disse Coudet.

Maurício tem 19 anos e disputou somente oito jogos de Série A na carreira. Neste ano tem quatro pela Copa do Brasil, 17 na Série B e 11 no Campeonato Mineiro. Sua trajetória em equipes principais tem menos de 50 partidas.

"Temos que adaptar e trabalhar soluções, e a solução passa a ser mais trabalho. Ele é um jogador de qualidade, como Yuri, tem futuro, muito boas condições, é um tipo de jogador que eu gosto, seleção de base, mas não teve continuidade na primeira divisão. Vamos adaptar o mais rápido possível, mas não vamos colocar ele como solução", acrescentou.

Na última semana, Coudet havia falado abertamente sobre a necessidade de reforços. Entre outras coisas, falou que pretendia jogadores experientes, que precisassem de menos tempo de adaptação.

Maurício assinou com Colorado até 2025 e poderá ficar à disposição para o jogo contra o Coritiba, caso seu contrato seja publicado no Boletim Informativo Diário (BID) ao longo da semana.

Coudet queria ao menos quatro novos jogadores no Inter. Após a chegada de Maurício, a realidade é que dificilmente tal número será atingido.

Internacional