PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Putin é questionado sobre vídeo de jogador da seleção russa se masturbando

Presidente da Rússia disse que vazamento foi "boa lição", mas ressaltou que ato não deve interferir na vida profissional do atleta - ALEXEY NIKOLSKY/AFP
Presidente da Rússia disse que vazamento foi "boa lição", mas ressaltou que ato não deve interferir na vida profissional do atleta Imagem: ALEXEY NIKOLSKY/AFP

Do UOL, em São Paulo

17/12/2020 10h42

Uma pergunta no mínimo curiosa marcou a tradicional entrevista coletiva de fim de ano do presidente da Rússia, Vladimir Putin, realizada na manhã de hoje.

O político foi questionado sobre o atacante Dzyuba, constantemente convocado para a seleção russa. Isso porque o atleta teve um vídeo vazado em que aparece se masturbando - o ato, inclusive, rendeu um corte do time nacional.

"Ele é uma pessoa pública, [a repercussão] era inevitável. Para ele e outras pessoas públicas, é uma boa lição, que ele tenha isso em mente. Em segundo lugar, é preciso lembrar que existem regras e que é bom cumpri-las. [Mas] isso deve se refletir nas atividades profissionais? Claro que não", respondeu Putin, em declarações publicadas na emissora RT.

Na sequência da resposta, o presidente perguntou para a jornalista se ela tinha assistido ao vídeo.

"Eu assisti, mas não até o fim", disse ela, perguntando se o próprio político havia visto, arrancando risadas dos demais jornalistas e até do diplomata e porta-voz de Putin, Dmitry Peskov.

Dmitry Peskov, diplomata e porta-voz de Putin, não conseguiu segurar a risada ao ouvir diálogo sobre masturbação de atacante russo - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Dmitry Peskov não conseguiu segurar a risada ao ouvir diálogo sobre vídeo íntimo de atacante russo
Imagem: Reprodução/Twitter

"Eu não vi isso", respondeu Putin logo após o questionamento.

"Evitar excesso de tensão"

Dias atrás, o técnico da seleção russa, Stanislav Cherchesov, justificou o corte do atacante (e capitão) da equipe.

"A situação com o Dzyuba tem nada a ver com a seleção da Rússia sob o ponto de vista esportivo. Por isso, nós não temos que dar mais comentários detalhados sobre esse assunto. Mas a comissão técnica entende que a seleção precisa evitar o excesso de tensão e se preparar para os próximos jogos com o máximo de concentração, sem se distrair com outras coisas", falou o treinador.

Futebol