PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico da Inglaterra: 'Ajoelhar é solidariedade, não declaração política'

Gareth Southgate e Jadon Sancho (d) acompanham hino da Inglaterra antes de jogo contra a Espanha pela Liga das Nações - Michael Regan/Getty Images
Gareth Southgate e Jadon Sancho (d) acompanham hino da Inglaterra antes de jogo contra a Espanha pela Liga das Nações Imagem: Michael Regan/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/12/2020 21h23

O técnico Gareth Southgate, da seleção da Inglaterra, afirmou em coletiva de imprensa que não considera o ato de se ajoelhar em protesto contra o racismo uma manifestação política, e sim de solidariedade. No sábado, torcedores do Millwall vaiaram o próprio time que fazia o protesto contra o racismo.

"A decisão de todos os jogadores e funcionários dos clubes de todo o país foi uma decisão de solidariedade com os companheiros de equipe, uma solidariedade com os negros na sociedade. De forma alguma eu vi isso como uma declaração política e não acho que ninguém que tenha feito esse gesto tenha visto dessa forma", disse Southgate.

O treinador afirmou que acompanhou o jogo do Liverpool e não viu atitudes racistas dos torcedores, ao contrário, houve apoio. "Se houve algum tipo de mal-entendido sobre isso, então acho que podemos deixar bem claro daqui em diante que não é esse o caso. Eu estava em Anfield e a multidão aplaudiu o gesto, então achei que foi uma resposta fantástica e sei que isso aconteceu em alguns outros clubes de todo o país também. É o tipo de reação que acho que dá esperança e encoraja", afirmou Southgate.

Antes da partida do Millwall contra o Derby County, um grupo de torcedores do time vaiou os jogadores que se ajoelharam em um protesto contra o racismo. O fato aconteceu no estádio The Den e foi condenado pelo clube.

Agora, o clube decidiu que os jogadores não vão se ajoelhar antes do jogo de terça-feira contra o QPR, mas ficarão de braços dados em uma "demonstração de solidariedade pela luta do futebol contra a discriminação". Os jogadores de ambas as equipes vão levantar juntos uma bandeira antirracismo. O patrocinador do Millwall será substituído pelo logotipo do órgão contra o racismo Kick It Out.

Futebol