PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão Feminino A1 - 2020

Corinthians exibe estatísticas de violência de gênero em final do Feminino

"Respeita as Minas": movimento do clube corintiano reforça campanhas por igualdade de gênero nos estádios - Bruno Teixeira/Corinthians
"Respeita as Minas": movimento do clube corintiano reforça campanhas por igualdade de gênero nos estádios Imagem: Bruno Teixeira/Corinthians

Do UOL, em São Paulo

06/12/2020 16h46

Classificação e Jogos

O Corinthians anunciou hoje uma ação contra violência de gênero durante a final do Campeonato Brasileiro Feminino, realizada esta noite diante do Avaí/Kindermann. Os telões da Neo Química Arena apresentarão, durante o jogo, estatísticas de mulheres vítimas de violência atendidas pelo Projeto Justiceiras.

"Hoje acontece a final do Brasileirão Feminino na Neo Química Arena, mas não poderíamos deixar de falar sobre um assunto de extrema relevância para todas nós: Dia 06/12 é o Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra a Mulher", diz comunicado divulgado pelo clube durante a tarde.

O Projeto Justiceiras, parceiro do clube na ação social, oferece atendimento psicológico, médico, jurídico e assistencial a mulheres vítimas de violência.

corinthiansfem - Divulgação - Divulgação
Corinthians lança ação em parceria com o Projeto Justiceiras durante final do Brasileirão Feminino
Imagem: Divulgação

Além das estatísticas, os telões do estádio também apresentarão os números do disque-denúncia (180) e do atendimento voluntário do projeto (11 99639-1212).

O clube também divulgou que todos os homens da comissão técnica receberão um laço branco das atletas como símbolo do compromisso com a iniciativa.

A partida entre Corinthians e Avaí/Kindermann será às 20h de hoje. O jogo de ida, em Florianópolis, terminou empatado em 0 a 0. Confira aqui como acompanhar a decisão.