PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Grupo Globo fecha direitos de transmissão do Brasileirão Feminino; CBF nega

Corinthians faturou Campeonato Brasileiro Feminino 2020: edição de 2021 terá transmissão do Grupo Globo no SporTV - Divulgação/Corinthians
Corinthians faturou Campeonato Brasileiro Feminino 2020: edição de 2021 terá transmissão do Grupo Globo no SporTV Imagem: Divulgação/Corinthians
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

24/03/2021 12h12

O Grupo Globo fechou nesta semana os direitos de transmissão do Brasileirão Feminino A1, a divisão de elite do futebol feminino nacional. A emissora vai exibir, pelo menos neste primeiro momento, um jogo por semana no SporTV, seu canal esportivo na TV paga. É o retorno da competição após 4 anos ao Grupo Globo.

A coluna havia antecipado o início das negociações no início de março. Inicialmente, a CBF confirmava em seu site a transmissão das partidas. Em contato com a coluna, posteriormente, a entidade negou o contrato, mas confirmou negociações. A Globo afirmou que "temos interesse no Brasileirão feminino, mas não há contrato fechado para a transmissão da competição".

A coluna confirmou que existe o acordo com diversas fontes e que falta apenas o anuncio oficial.

O Mycujoo, sistema de plataforma de streaming que exibe grande parte dos jogos, segue na competição. A Band também continua, com transmissões na TV aberta. A CBF, no entanto, ainda não indica qual jogo será exibido pelo canal paulista nesta primeira rodada.

O Brasileirão Feminino já estava no radar da Globo porque a emissora entende que o projeto de crescimento de mulheres no departamento esportivo passa por exibir partidas de futebol feminino. Só nos últimos meses, foram contatados nomes como a narradora Renata Silveira, que estreou neste mês de março, a comentarista Renata Mendonça e a analista de arbitragem Nadine Basttos.

O Grupo Globo vem aumentando a cobertura noticiosa sobre eventos de futebol feminino nos últimos tempos. Toda semana, o "Esporte Espetacular" tem trazido um VT longo sobre jogadoras e seus desempenhos em clubes. O fato acontece para ir acostumando o público sobre o assunto.

Recentemente, o SporTV exibiu o Campeonato Paulista feminino e o Brasileirão feminino Sub-18 - este último teve narração de Renata Silveira, que se transformou na primeira mulher a narrar uma partida de futebol feminino no Grupo Globo.