PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Seleção da Argentina lamenta morte de Maradona: 'Adeus, Diego'

Do UOL, em São Paulo

25/11/2020 13h40Atualizada em 25/11/2020 15h07

A seleção argentina de futebol lamentou a morte do ex-jogador e ídolo do país Diego Armando Maradona. Ele morreu hoje pela manhã de uma parada cardiorrespiratória em sua casa, em Tigre, cidade próxima a Buenos Aires.

A saúde de Maradona já estava precária desde o início do mês, quando ele foi operado de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma "baixa anímica, anemia e desidratação" e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool.

"Adeus, Diego. Você será eterno em cada coração do planeta do futebol", escreveu a organização.

A AFA (Associação e Futebol da Argentina) também se manifestou após a morte do ídolo sul-americano.

"A Federação Argentina de Futebol, por meio de seu presidente Claudio Tapia, expressa sua mais profunda tristeza pela morte de nosso lendário Diego Armando Maradona. Sempre estará em nossos corações", escreveu.

Futebol