PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Sem Copete, Felipão diz que vai terminar Série B com o que tem no Cruzeiro

Copete estava no radar do Cruzeiro, que não conseguiu trazer o atacante e desistiu de novos reforços - Alessandra Torres/AGIF
Copete estava no radar do Cruzeiro, que não conseguiu trazer o atacante e desistiu de novos reforços Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Do UOL, em Belo Horizonte

22/11/2020 04h00

Classificação e Jogos

O técnico Luiz Felipe Scolari não contará com novos jogadores para fortalecer o elenco do Cruzeiro e precisará terminar a Série B com o que tem atualmente em mãos. O fim da busca da diretoria por reforços foi confirmada pelo próprio treinador, após a partida contra o Figueirense, jogo esse que o Cruzeiro só empatou em 1 a 1, seguindo acompanhado de perto dos concorrentes da zona de rebaixamento. Recentemente, o time celeste mostrou interesse em adquirir o colombiano Copete por empréstimo, mas as negociações não avançaram.

"Não espero (mais reforços). Depois de toda aquela situação envolvendo o jogador do Santos, terminou. E acho que não teremos ninguém mais, está ótimo. Vamos trabalhar para o primeiro objetivo, sabemos que temos dificuldades. Quem sabe, no próximo ano a gente monte alguma coisa diferente. Mas neste ano não. Temos que trabalhar com este grupo", comentou o técnico.

Jonathan Copete entrou no radar do Cruzeiro, que pretendia adquirir o jogador por empréstimo até o final da Série B. A Raposa chegou a um acordo com o Santos pelo empréstimo do colombiano até o fim da Segunda Divisão. No entanto, não houve um acerto financeiro com o atleta e seu staff, o que impediu a contratação, tendo em vista que o atleta pediu valores mais elevados do que o time celeste poderia arcar.

Sóbis foi o último reforço; os próximos, só do DM

Desta forma, o último reforço que Felipão ganhou para o Cruzeiro foi o retorno de Rafael Sóbis. Sem espaço no Ceará, o atacante acabou voltando ao Cruzeiro e fez sua reestreia contra o Figueirense, permanecendo em campo até o início do segundo tempo. Felipão ainda tem o meia Giovanni como reforço à disposição e que ainda não estreou. Do resto, o treinador só ficará à espera daqueles que se recuperam de lesão, como ele mesmo adiantou. São os casos do zagueiro Léo e do volante Henrique.

"Tem mais Léo, Henrique, que estão no departamento médico em transição e, quando estiverem em condições, vão nos ajudar também. Mas neste ano eu acredito que não teremos mais nenhum jogador, a não ser esses que já temos. Estamos satisfeitos", concluiu.

Cruzeiro