PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Com Flu desfalcado, Odair terá 'moleques de Xerém' no time contra o Inter

Com desfalques no Fluminense, Odair Hellmann deve recorrer aos "moleques de Xerém" contra o Internacional - Lucas Merçon/Fluminense FC
Com desfalques no Fluminense, Odair Hellmann deve recorrer aos 'moleques de Xerém' contra o Internacional Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/11/2020 11h00

Classificação e Jogos

A quinta-feira (19) foi de terror no Fluminense. Do dia para a noite, Odair Hellmann perdeu quatro jogadores para o jogo contra o Internacional. Além de Fred, lesionado, o técnico não terá Egídio, Nino e Michel Araújo, que testaram positivo para covid-19, nem Dodi, que não joga mais pelo Tricolor após ver a negociação por sua renovação se encerrar sem acordo. Assim, os "moleques de Xerém" serão novamente a solução.

Outros dois jogadores ainda são dúvidas para a partida de domingo, às 18h15, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro: o lateral Igor Julião, que tem um desconforto muscular, e o volante Yago, que retornou após dez dias de quarentena por ter testado positivo para a covid-19. Caso a dupla também fique de fora, o Flu terá ao todo oito desfalques para o jogo contra o vice-líder da competição, já que o peruano Fernando Pacheco, contundido, não joga.

Com tantos problemas a solução mais uma vez será a base. Em todos os setores do campo, o Tricolor deve ter jovens. Na lateral, Calegari vive a expectativa de voltar ao time após dez jogos caso Julião não reúna condições de atuar. No miolo de zaga, Digão, que já é experiente, mas cria de Xerém, deve ser o substituto de Nino.

Já no meio de campo, Dodi está afastado e não atua mais com a camisa tricolor. Assim, André deve ser o primeiro a receber mais chances, ainda que execute função diferente em campo. Hoje no sub-23, Martinelli e Nascimento serão analisados mais de perto e podem ser relacionados para os próximos jogos. Não está descartado que Odair mexa na estrutura de sua trinca de meio-campistas sem o camisa 22, que era um dos destaques do time em 2020.

No ataque, Luiz Henrique e Marcos Paulo brigam para começar jogando sem a presença de Fred e Michel Araújo. Na outra ponta, Wellington Silva deve ser mantido, e Felippe Cardoso, que não vem tendo boas atuações, tem boas chances de seguir como titular na ausência do camisa 9. O setor é outro onde o treinador tem dúvidas, e também olha para o time de aspirantes, onde Wallace, Matheus Pato e John Kennedy podem ser aproveitados.

Fluminense