PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Trajano: Luciano liquidou o jogo porque a defesa do Flamengo é uma peneira

Do UOL, em São Paulo

19/11/2020 12h00

Classificação e Jogos

Em três jogos disputados em um curto intervalo de tempo, o Flamengo tomou nove gols do São Paulo com formações diferentes de defesa, primeiro sob o comando de Domènec Torrent no Brasileirão e depois com Rogério Ceni, que levou a campo a dupla de zaga com Thuler e Léo Pereira no Morumbi na derrota por 3 a 0 que eliminou o time da Copa do Brasil.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Menon, Renato Maurício Prado, e Vinicius Mesquita —, José Trajano afirma que era muita pretensão o Flamengo tentar ir à semifinal da Copa do Brasil com a defesa que foi escalada por Rogério Ceni e critica a atuação defensiva do time mesmo durante o primeiro tempo, quando não sofreu gols.

"Quem tem uma defesa com Thuler, Léo Pereira e Renê não pode se atrever a se classificar para a semifinal da Copa do Brasil. Eles jogam muito mal, o que eles fizeram de lambança, mesmo no primeiro tempo, que foi 0 a 0, estavam inseguros, perdendo bolas fáceis", analisa Trajano.

"Aí no segundo tempo, quando o São Paulo aproveitou a oportunidade, esse Luciano é fogo na jaca também, é oportunista. Você vê que o Brenner hoje não apareceu, teve uma oportunidade no primeiro tempo, foi a única jogada que o São Paulo teve no primeiro tempo de chute a gol, mas o Luciano, em dois lances, liquidou o jogo. E liquidou porque a defesa do Flamengo é uma peneira, essa defesa, e mesmo a outra defesa do Flamengo", completa.

O jornalista afirma que Rodrigo Caio, que está fora de jogo por lesão, é o ponto forte entre os zagueiros do Flamengo e acredita que o torcedor deve estar sentindo falta do espanhol Pablo Marí, campeão brasileiro e da Libertadores no ano passado no time comandado por Jorge Jesus.

"Tem o Rodrigo Caio, ex-São Paulo, que tem uma posição garantida ali, mas ao lado dele o pessoal deve sentir muito a ausência do jogador que não joga lá no meu Arsenal, o Pablo Marí, que está lá há meses, fez três ou quatro jogos e está no estaleiro faz tempo", conclui.

O Fim de Papo volta a ser apresentado na próxima terça-feira, após o primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, entre Racing e Flamengo, em noite que também terá o Santos enfrentando a LDU, em Quito, e o Athletico-PR contra o River Plate, em Curitiba.

Futebol