PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Botafogo e Ceará ficam no empate em jogo com VAR em ação e pênalti isolado

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

31/10/2020 18h59

Classificação e Jogos

Em jogo com muitas alternâncias e pênaltis marcados após intervenções do VAR, Botafogo e Ceará empataram hoje (31) por 2 a 2. De pênalti, Honda abriu o placar após o árbitro de vídeo entrar em ação no Estádio Nilton Santos. Minutos depois, Cléber, em belo chute no ângulo, deixou tudo igual.

Matheus Babi desempatou para os donos da casa, que desperdiçaram grande chance de ampliar a vantagem. Depois de outra intervenção da ferramenta, o árbitro Diego Pombo marcou nova penalidade, mas Victor Luís isolou. Já na etapa final, Leandro Carvalho deixou tudo igual no duelo alvinegro. O jogo no Rio de Janeiro foi marcado por equilíbrio e muita luta por parte das duas equipes, que encararam muita chuva e campo pesado.

Na próxima terça, o Bota encara o Cuiabá em jogo decisivo na Copa do Brasil. Na Arena Pantanal, o time terá de reverter uma desvantagem de 1 a 0 para seguir na Copa do Brasil. Também pelo torneio, o Vozão recebe na quarta o Santos. No jogo de ida, empate sem gols na Vila Belmiro.

Honda se recupera e vai bem

Vilão na derrota do Botafogo para o Cuiabá, Honda se recuperou e fez um jogo bom o Nilton Santos. Além do gol de pênalti, o japonês distribuiu bons passes e prendeu a bola quando necessário. Desgastado ante o ritmo da partida, o camisa 4 foi substituído.

Vina começa mal, mas sobe

Grande destaque do Ceará no Brasileiro, o meia Vina não conseguiu repetir o bom desempenho no Nilton Santos. Sem muita imaginação na etapa inicial, o camisa 29 não conseguiu sair da marcação e pouco se aproximou da área, uma de suas especialidades. Com as mexidas de Guto Fereira, o Ceará voltou mais aceso e Vina cresceu. Em bom passe para Leandro Carvalho, o meia voltou a aparecer bem e deu a bola que resultou no gol de empate.

Bota faz bom jogo e mostra superação

O Botafogo deixou para trás a má impressão deixada na Copa do Brasil e fez uma boa partida no Nilton Santos. Com transpiração e inspiração, o Alvinegro tomou conta do meio de campo e ditou o ritmo da partida. Com boas atuações dos homens de criação, Warley e Babi foram acionados e participaram bem da partida. O Bota viu o rival crescer, mas teve boas possibilidades para sair com a vitória. No fim, faltou pernas para buscar os três pontos.

Ceará cresce com mexidas e equilibra

Após um primeiro tempo morno, o Ceará ganhou nova cara com as mexidas de Guto Ferreira, que colocou Leandro Carvalho e Ricky nas vagas de Lima e Chú. O time cresceu ofensivamente e empurrou o Botafogo para seu campo de defesa, mas também deu ao rival espaços para os contra-ataques. O time criou boas possibilidades pelo lado esquerdo e foi premiado com o empate.

Tenius deixa boa impressão
Tenius - Thiago Ribeiro/AGIF - Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Preparador de goleiros histórico do Botafogo, Flávio Tenius assumiu a bronca de dirigir o time e mandou a campo um time bem organizado defensivamente e que soube aproveitar as chances criadas. A escalação de Warley se mostrou um acerto e o atacante levou perigo pelo lado esquerdo.

Cronologia

Aos 15 da etapa inicial, Honda cobrou pênalti e abriu o placar. A penalidade só foi conformada após intervenção do VAR. Aos 22, Cléber acertou uma bomba no ângulo e empatou. Aos 27, Babi cabeceou sem chances e desempatou. Após nova intervenção do VAR, Victor Luís, aos 36, bateu pênalti e isolou. Aos cinco do segundo tempo, Leandro Carvalho, ex-Botafogo, empatou.

Protesto, invasão e....
Botafogo - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

O Botafogo viveu um dia caótico na sede de General Severiano. Cerca de 300 torcedores protestaram contra o mau momento do time e muitos pularam o muro e invadiram as dependências do clube. A ira dos alvinegros se voltou para jogadores e diretoria.

....reforço

Quase que simultaneamente, o Bota anunciou a contratação do atacante colombiano Angulo. O jovem atuou apenas alguns minutos e deixou o campo expulso. Ele pertence ao Palmeiras e teve passagem pelo Cruzeiro. O contrato vai até o fim do Carioca de 2021.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO x CEARÁ
Data/Hora: 31/10/2020, às 17h
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)
Gols: Honda, aos 15 minutos do primeiro tempo; Cléber, aos 22 minutos do primeiro tempo; Babi, aos 27 minutos do primeiro tempo; Leandro Carvalho, aos cinco minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Bruno Nazário, Benevenuto, Honda, Angulo (BOT); Luiz Otávio, Thiago, Guto Ferreira, Fabinho, Leandro Carvalho, Wescley (CEA)
Cartões vermelhos: Luiz Otávio (CEA); Angulo (BOT)

BOTAFOGO: Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; Caio Alexandre (Pedro Raul), Honda (Zé Welison) e Bruno Nazário; Lecaros (Kelvin), Warley (Angulo) e Babi. Técnico: Flávio Tenius

CEARÁ: Fernando Prass, Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho (Fernando Sobral), Charles e Vina (Wescley); Lima (Leandro Carvalho) (Eduardo Brock), Léo Chú (Rick) e Cléber. Técnico: Guto Ferreira.

Final do Bota: