PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Maior driblador do Palmeiras, Wesley busca inspiração em Neymar e Mbappé

Wesley passa por adversário na partida entre Atlético-GO x Palmeiras - Cesar Greco
Wesley passa por adversário na partida entre Atlético-GO x Palmeiras Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

29/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

Wesley atuou em apenas 20 dos 41 jogos do Palmeiras em 2020, e, mesmo assim, é o jogador que mais tentou driblar na temporada. Segundo melhor atleta neste fundamento na Série B do Brasileirão no ano passado pelo Vitória, o novo xodó alviverde não esconde que gosta de improvisar.

Titular apenas em dez oportunidades neste ano, ele deve começar jogando a partida de hoje (29), às 19h, contra o Red Bull Bragantino, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Com 24 dribles completados na temporada, Wesley conta que gosta de assistir aos movimentos de Neymar e Mbappé, ambos do Paris Saint-Germain (FRA), como inspiração antes de entrar em campo.

"Uma das minhas virtudes é o drible, além da velocidade. Antes dos jogos procuro assistir vídeos de jogadores que têm essa característica de jogo, como o Neymar e o Mbappé. Tento trazer ao máximo isso para dentro de campo", afirmou, ao UOL Esporte.

Desde que Dudu saiu, Wesley foi o jogador que conseguiu melhor desempenho entre os pontas, tanto que é também um dos líderes em assistência do Verdão, com seis passes para gol, empatado com Gabriel Menino. No último domingo (25), na vitória sobre o Atlético-GO, ainda fez seu segundo gol em 2020.

Apesar dos bons números e um desempenho elogiado, Wesley demorou para conseguir uma sequência. Durante o período em que jogava menos, ainda com Vanderlei Luxemburgo, houve até a possibilidade de sair diante da procura do City Group, que gerencia o Manchester City (ING) e outros times pelo mundo. O negócio, porém, não evoluiu.

"Sempre estive focado no Palmeiras, trabalhei forte todos os dias, esperando as oportunidades. Graças a Deus, apareceu, e acredito que pude aproveitar. Tenho muito a evoluir, e vou trabalhar para que essa evolução apareça a cada jogo", explicou.

Camisa 21 na Copa Libertadores, Wesley vestirá hoje a 47, após um pedido de Weverton para retomar o seu número antigo, ao menos nas competições nacionais. Após um papo com o goleiro, o garoto preferiu voltar à camisa que recebeu no início da temporada.

"Conversei com o Weverton e ele me falou que tinha o desejo de voltar a usar a camisa 21. Tenho um carinho e um respeito muito grande por ele, então concordei e optei pela 47, que era o número que eu usava antes", justificou.

Depois de quatro derrotas seguidas na temporada, o Palmeiras vive um momento mais tranquilo, com a goleada por 5 a 0 sobre o Tigre (ARG), na Copa Libertadores, e a vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, no Brasileirão. A meta, agora, é começar bem a Copa do Brasil, antes da chegada de um novo técnico — o português Abel Ferreira tem negociação considerada avançada.

"Passamos por esse momento ruim, mas sabíamos que as coisas iriam melhorar naturalmente. Não deixamos nos abater com as derrotas e continuamos trabalhando firme e forte. Com trabalho, os resultados iriam aparecer. O mérito é do grupo. Quando perde, perdemos todos. Quando ganha, ganhamos todos", concluiu.

FICHA TÉCNICA:

RED BULL BRAGANTINO x PALMEIRAS

Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 29 de outubro de 2020, quinta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiesdorf Flor (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Ryller, Evangelista e Claudinho; Tubarão, Artur e Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri.

PALMEIRAS: Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Luiz Adriano. Técnico: Andrey Lopes (interino)

Palmeiras