PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos x Ceará: onde assistir, horário, escalações e o que esperar do jogo

Felipe Jonatan, do Santos, não comemora seu gol contra o Ceará - Kely Pereira/AGIF
Felipe Jonatan, do Santos, não comemora seu gol contra o Ceará Imagem: Kely Pereira/AGIF

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

27/10/2020 16h00Atualizada em 28/10/2020 14h34

Classificação e Jogos

O Santos recebe o Ceará na tarde desta quarta-feira, às 16h, na Vila Belmiro, em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Onde assistir

O jogo será transmitido pelo canal Sportv e pelo pay-per-view Premiere, com narração de Everaldo Marques, e comentários de Caio Ribeiro e PVC. O Placar UOL acompanha a partida em tempo real.

Escalações

SANTOS: João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Arthur Gomes; Soteldo, Marinho e Lucas Braga. Técnico: Cuca

CEARÁ: Fernando Prass; Eduardo (Samuel Xavier), Luiz Otávio, Tiago e Bruno Pacheco; Fabinho, Charles, Fernando Sobral e Vinícius; Léo Chu (Leandro Carvalho) e Rafael Sóbis. Técnico: Guto Ferreira

Desfalques

Santos: Vladimir, Sánchez, Renyer e Raniel, todos no Departamento Médico. Pará e Alison são dúvidas, mas devem ficar fora.

Ceará: Alyson, Cléber, Jacaré e Saulo Mineiro já atuaram por outros clubes no torneio. Além de Rodrigão, que está emprestado pelo Santos, e William Oliveira, lesionado. Samuel Xavier é dúvida.

Arbitragem

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Estratégia do técnico

Cuca tem sua grande dúvida na armação de jogadas. O técnico vem testando vários nomes no setor de criação, mas ainda não encontrou alguém que assuma a titularidade após a gravíssima lesão sofrida por Sánchez. Arthur Gomes e Jean Mota disputam uma vaga no meio. No ataque, o comandante pode optar por manter Marinho centralizado e escalar Lucas Braga pela direita, ou voltar o camisa 11 para sua posição de origem, colocando o jovem Marcos Leonardo no comando de ataque.

Santos