PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Entre Setién e Heinze, Palmeiras já sabe o que não fazer com novo técnico

À espera de um novo técnico, jogadores do Palmeiras comemoram o gol sobre o Tigre - Cesar Greco
À espera de um novo técnico, jogadores do Palmeiras comemoram o gol sobre o Tigre Imagem: Cesar Greco

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

22/10/2020 04h00

O Palmeiras estuda qual será o próximo técnico, depois de a negociação com Miguel Ángel Ramírez dar errado. Com Quique Setién e Gabriel Heinze como os nomes do momento, o Verdão já fala que, independentemente do escolhido, terá de dar tempo para que o trabalho seja desenvolvido.

A diretoria está focando sua busca no exterior para encontrar um nome que crie uma identidade de jogo, que dê mais repertório ao Verdão. Diante da grande expectativa que se cria pelo substituto de Vanderlei Luxemburgo, já há um cuidado no discurso para evitar uma fritura caso o começo seja complicado.

"Para qualquer técnico no mundo, a gente cobra, principalmente no Brasil, tempo de trabalho. Então, para ter um trabalho de qualidade, com intensidade, ofensivo, não vai vir um treinador para o Palmeiras que coloque suas ideias em pouco tempo, com princípios, subprincípios, avanço no quadrante... Precisa de tempo", afirmou Andrey Lopes, técnico interino.

Auxiliar da comissão técnica fixa do clube, Andrey terá papel importante na transição de comando. Depois de assumir quando Mano Menezes foi demitido, ano passado, ele agora ficou à frente do Palmeiras na derrota para o Fortaleza, domingo (18), pelo Campeonato Brasileiro, e na goleada por 5 a 0 sobre o Tigre (ARG), pela Copa Libertadores.

"Eu posso ajudar (o próximo técnico), é minha função. Vou ajudar sim. O Palmeiras nas últimas três Libertadores acabou como primeiro no geral. Então precisa de tempo e vou ajudar, a direção sabe. Quando vier, vai ser recebido da melhor maneira possível", concluiu.

O Palmeiras tem pressa para escolher um novo treinador, tanto que não quis esperar Miguel Ángel Ramírez terminar a Copa Libertadores pelo Independiente Del Valle (EQU). O problema é que o clube teve de reavaliar o mercado da bola depois da negativa do espanhol de 35 anos de idade, que se justificou ontem (21).

Ainda com Andrey Lopes, o Verdão vai começar os preparativos para a partida de domingo (25), contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro. Se na Libertadores o time terminou invicto e classificado às oitavas de final com a melhor campanha, no Nacional são quatro derrotas consecutivas, que afastaram o Palmeiras da briga pela ponta.

Palmeiras