PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuca diz que errou sobre saída de Soteldo e comemora: "Quero errar sempre"

Cuca gesticula na beira do gramado da Vila Belmiro durante jogo do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Cuca gesticula na beira do gramado da Vila Belmiro durante jogo do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

20/10/2020 22h12

Classificação e Jogos

O técnico Cuca comemorou um erro que cometeu. O comandante do Santos havia dito em entrevista coletiva após a vitória sobre o Coritiba que o venezuelano Yeferson Soteldo tinha feito seu último jogo com a camisa do Peixe, mas o atacante recusou a oferta do Al Hilal, da Arábia Saudita, e decidiu seguir na equipe.

Após mais uma vitória, desta vez por 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia (ARG), Cuca comemorou o fato de ter errado sobre o destino do seu camisa 10.

"Converso com ele todo dia, toda hora. Tem 23 anos. Foi um erro ter falado que era último jogo, mas foi um erro que me passaram. Se for assim, quero errar sempre. Me passaram que 99% de chance, mas 99% não é 100%. Se ficar, vamos achar uma maneira de saldar dívidas, pagar os bans e fortalecer o elenco porque precisamos", disse em entrevista coletiva virtual.

O venezuelano voltou a usar a braçadeira de capitão da equipe no duelo pela Libertadores. Soteldo é uma das principais referências do Santos em campo. Ele recusou a oferta financeiramente vantajosa pois não tem interesse em atuar no futebol árabe. O camisa 10 quer brilhar no Brasil e rumar para a Europa.

O Peixe volta a campo neste domingo, às 16h, quando enfrenta o Fluminense, no Maracanã, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Santos