PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Blogueiros: Neymar já está no top 5 de maiores da história da seleção?

Do UOL, em Santos (SP)

14/10/2020 11h49

Resumo da notícia

  • Colunistas do UOL analisam se Neymar já está no top 5 de maiores da seleção
  • André Rocha: "Tem que vencer Copa. Mas já está entre melhores pós-Pelé"
  • Danilo: "Falta de Copa atinge vários craques e nem por isso eles são menores"
  • "Neymar deu azar porque joga ao lado de soldados rasos", diz Milton Neves

Neymar voltou a ser o grande destaque da seleção brasileira na noite de ontem (13). O atacante marcou três gols na vitória de virada sobre o Peru, por 4 a 2, pelas eliminatórias da Copa do Mundo, e, de quebra, tornou-se o segundo maior artilheiro da equipe verde e amarela, ultrapassando Ronaldo e ficando atrás apenas de Pelé. Agora, Neymar soma 64 gols em jogos oficiais pela seleção brasileira, contra 62 do Fenômeno e 77 do Rei.

Já é possível afirmar que Neymar está no top 5 de maiores jogadores da história da seleção brasileira, ou ainda falta um título para ele? Em que rol o atacante do PSG se encontra? Fizemos essas perguntas aos colunistas do UOL Esporte. Confira as respostas:

Neymar comemora gol do Brasil contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 - Paolo Aguilar/Pool via REUTERS - Paolo Aguilar/Pool via REUTERS
Imagem: Paolo Aguilar/Pool via REUTERS

ANDRÉ ROCHA

Para ser maior tem que vencer Copa do Mundo. Mas já está entre os melhores do pós-Pelé - para mim é o melhor.

Leia o blog do André Rocha.

DANILO LAVIERI

Não há dúvida que Neymar está entre os maiores da história da seleção. A falta de um título de Copa do Mundo é algo que atinge vários craques por aí e nem por isso eles são menores. Ultrapassar a marca de Ronaldo não é pouca coisa. O principal que joga contra Neymar é o de sempre: extracampo. Se ele não tivesse acumulado tanta polêmica, essa discussão nem existiria.

Leia o blog do Danilo Lavieri.

JUCA KFOURI

Boa pergunta. Não, ainda não está. Pelé, Mané Garrincha, Didi, Romário, Ronaldo Fenômeno e Rivaldo são maiores que ele na história da Seleção.

Leia o blog do Juca.

MARCEL RIZZO

Falta uma Copa do Mundo. O protagonismo de Neymar na seleção tem também outro fator: uma geração em que ele sobra como talento. Pelé, o maior, jogou ao lado de duas outras lendas com a camisa da seleção, Didi e Garrincha. Ronaldo, Romário e Rivaldo foram contemporâneos e dá até para colocar Ronaldinho Gaúcho, transformando o trio em quarteto de Rs. Aos 28 anos, Neymar tem esse e mais um ciclo de Copa para ser campeão e, como maior artilheiro (o que alcançará antes ainda do Qatar-2022), poderá ser até top 3 da história.

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MENON

Ele está longe dos cinco melhores por um motivo simples: estamos falando de uma seleção com cinco títulos mundiais e dois vices. Resultado conta muito. E ele não tem resultados. E não mostrou evolução de 2014 para 2018.

Leia o blog do Menon.

MILTON NEVES

Neymar deu muito azar porque, desde que começou a sua trajetória na seleção, joga ao lado de "soldados rasos". Tivesse ao menos uns dois ou três companheiros que jogassem mais ou menos 60% do que ele joga, a seleção teria se dado melhor em 2014 ou em 2018 e aí, sim, poderíamos colocá-lo no top 5. Afinal, sem Mundial, não tem como escalá-lo à frente de Garrincha, de Romário, de Ronaldo, de Didi, de Rivaldo etc. Pelé, é claro, não conta.

Leia o blog do Milton Neves.

PERRONE

Na minha opinião, não está nem entre os dez. Falta jogar mais do que vários caras. Alguns dos que jogaram mais bola pela seleção: Pelé, Garrincha, Didi, Vavá, Tostão, Zico, Romário, Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho.

Leia o blog do Perrone.

RAFAEL REIS

Por mais que seja o protagonista da seleção há uma década e o segundo maior artilheiro da história canarinho, Neymar não passa nem perto do top 5 de todos os tempos pelo Brasil. O camisa 10 da geração atual só conseguirá entrar no grupo de Pelé, Didi, Garrincha, Romário e Ronaldo no dia em que brilhar e ganhar uma Copa do Mundo. Por enquanto, ele não está nem em um segundo escalão: Rivaldo, Roberto Carlos, Bebeto, Dunga, Taffarel, Tostão, Gerson, Rivellino, Vavá e alguns outros nomes dos títulos mundiais brasileiros foram bem mais importantes que ele.

Leia o blog do Rafael Reis.

RENATO MAURÍCIO PRADO

Neymar é um cracaço, sem dúvida. Mas não há como colocá-lo entre os cinco primeiros da história da seleção. Pelé, Garrincha, Didi, Romário, Ronaldo, Gérson, Rivelino e outros campeões do mundo pelo Brasil estão à frente dele. E continuarão, até que ele consiga também ganhar uma Copa do Mundo.

Leia o blog do Renato Maurício Prado.

RODOLFO RODRIGUES

Neymar é o melhor jogador brasileiro pós-Pelé. Ele é titular da seleção desde 2010 e o principal jogador do Brasil nesse período, algo raro na história. Ganhou títulos importantes (Copa das Confederações, Copa América e Olimpíadas), vai para sua terceira Copa do Mundo e pode ainda quebrar recordes. Com 28 anos, certamente vai passar Pelé em número de gols.

Leia o blog do Rodolfo Rodrigues.

RODRIGO MATTOS

Neymar ainda não está entre os cinco maiores jogadores da história, pois há outros critérios de avaliação além de gols. Mas talvez esteja, sim, entre os cinco maiores atacantes. Não é fácil cravar uma lista pela complexidade de se comparar épocas tão distintas como a década de 30 - quando surgiu Leônidas, o primeiro grande atacante da seleção - e o futebol atual. Entendo que não é imprescindível que Neymar ganhe uma Copa para marcar de vez seu nome na seleção, mas atuações memoráveis em grandes jogos, seja em Copas ou outros torneios, seriam, sim, desejáveis.

Leia o blog do Rodrigo Mattos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Seleção Brasileira