PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Atrás apenas de Pelé: Neymar marca três pela seleção e ultrapassa Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

13/10/2020 21h29Atualizada em 14/10/2020 01h55

Classificação e Jogos

Depois de ficar no quase contra a Bolívia, Neymar balançou as redes três vezes contra o Peru, na noite de hoje (13), ultrapassou Ronaldo e se tornou o segundo maior artilheiro da seleção brasileira. O feito veio em grande estilo e com hat-trick: primeiro, deslocou Gallese e converteu duas cobranças de pênalti; depois, o craque do Paris Saint-Germain aproveitou rebote e deixou mais um.

Com os gols marcados no Estádio Nacional de Lima (PER), na segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, o atacante chegou a 64 com a camisa amarelinha em jogos oficiais, dois tentos a mais do que Fenômeno fez ao longo da carreira pelo Brasil.

O atacante preparou uma homenagem a Ronaldo na comemoração do primeiro gol, quando igualava o ex-camisa 9. Apontou o dedo para cima, assim como fazia o pentacampeão do mundo quando balançava as redes, fez o número nove com as mãos, em alusão à camisa utilizada pelo ex-jogador, e, em especial, destacou os dentes para fora da boca, marca registrada do "dentuço" Fenômeno.

Neymar homenageia Ronaldo após marcar para o Brasil contra o Peru - Daniel Apuy/Getty Images - Daniel Apuy/Getty Images
Imagem: Daniel Apuy/Getty Images

"Fiz uma homenagem ao Ronaldo, porque empatei com ele em gols. É um ídolo para todos os brasileiros, para mim principalmente, então foi uma pequena homenagem", afirmou Neymar após o hat-trick.

Agora, a expectativa é para ver se Neymar conseguirá encostar em Pelé. O 'Rei do Futebol' soma 77 gols em partidas oficiais e é o maior goleador da história da seleção masculina.

O Brasil teve maior dificuldade em relação à goleada aplicada na Bolívia na estreia das Eliminatórias. O time de Tite foi vazado logo aos cinco minutos, após chute de fora da área de André Carrillo, mas igualou com o pênalti convertido por Neymar, aos 27 da etapa inicial. No segundo tempo, Tapia contou com desviou para recolocar os donos da casa em vantagem, só que Richarlison empatou. Em seguida, o camisa 10 resolveu e garantiu a virada por 4 a 2.

Maiores artilheiros da seleção brasileira em jogos oficiais (1914-2020):

1º Pelé (77 gols)
2º Neymar (64 gols)
3º Ronaldo (62 gols)
4º Romário (55 gols)
5º Zico (48 gols)
6º Bebeto (39 gols)
7º Rivaldo (35 gols)
8º Jairzinho (33 gols)
9º Ronaldinho Gaúcho (33 gols)
10º Ademir Menezes (32 gols)
10º Tostão (32 gols)

Seleção Brasileira