PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos: Contra Delfín, Cuca deve escalar 12º time diferente em 13 jogos

Cuca, técnico do Santos, durante a vitória sobre o Ceará - Samuel Andrade/Santos FC
Cuca, técnico do Santos, durante a vitória sobre o Ceará Imagem: Samuel Andrade/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

23/09/2020 21h19

O técnico Cuca deve mandar a campo contar o Delfín (EQU), amanhã (24), às 23h (de Brasília), a 12ª escalação diferente em seu 13º jogo como comandante do Santos. O duelo é válido pela fase de grupos da Libertadores.

A única vez que o treinador repetiu uma escalação foi diante do Athletico-PR, quando entrou com os mesmos 11 jogadores que enfrentaram o Red Bull Bragantino. Depois disso, nenhuma das outras escalações foi repetida com exatidão, sempre trocando ao menos um atleta que iniciava o duelo.

As duas opções para o meio-campo atuaram pouco. Jean Mota foi titular uma vez com Cuca, quando Soteldo não jogou, enquanto Arthur Gomes esteve entre os 11 iniciais quatro vezes, duas delas com Alison, uma com Alex na zaga e a quarta sem Soteldo, situações que não irão se repetir amanhã.

O provável Santos para enfrentar o Delfín tem: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes (Jean Mota); Soteldo, Marinho e Raniel (Kaio Jorge).

Santos