PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Bastidores: Flu receberá mais de R$ 3 milhões de venda de Marlon ao Fulham

Marlon deixou o Fluminense em 2016, mas até hoje rende aos cofres do clube - Matheus Andrade/Photocamera
Marlon deixou o Fluminense em 2016, mas até hoje rende aos cofres do clube Imagem: Matheus Andrade/Photocamera

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

22/09/2020 14h04

Classificação e Jogos

O Fluminense recebeu uma boa notícia nesta semana. O zagueiro Marlon, cria de Xerém, foi negociado pelo Sassuolo, da Itália, com o Fulham, da Inglaterra. Pelo mecanismo de solidariedade da Fifa, o Tricolor terá direito a 3,5% dos 15 milhões de euros da transação (R$ 96 milhões).

Há um trâmite burocrático que costuma demorar um pouco até que o dinheiro caia na conta do Flu: primeiro, as Federações Inglesa e Italiana ratificam a transação para Uefa e Fifa, que registram os repasses necessários. Aí, o Sassuolo faz os pagamentos das porcentagens para a entidade máxima do futebol do país, que transfere os valores para a CBF.

Ao fim desses trâmites, o Flu é avisado da transferência financeira e recebe o que é seu por direito: 525 mil euros, na cotação do dia da confirmação da negociação no mercado da bola. Hoje (22), o câmbio da moeda europeia está em R$ 6,43, portanto, o Tricolor receberia R$ 3.375.750,00. Ainda podem haver pequenos descontos de impostos.

Marlon deixou o Fluminense em 2016 após 71 jogos com a camisa tricolor, vendido ao Barcelona por 6 milhões de euros, mas acabou pouco aproveitado no clube espanhol. De lá, foi emprestado ao Nice, da França, e comprado pelo Sassuolo, que comprou seus direitos econômicos antes de vendê-lo ao Fulham.

Fluminense