PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho nega má fase no Grêmio após empate: "Na cabeça de vocês"

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

20/09/2020 19h25

Renato Gaúcho gostou da atuação do Grêmio contra o Palmeiras, hoje, em Porto Alegre. O treinador afirmou, ainda, que o time gaúcho merecia melhor sorte na partida e atribuiu a troca de Lucas Silva por Ferreira — no segundo tempo do jogo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, como ato de coragem. Por ser durante partida cheia de desfalques e com formação diferente. A declaração mais impactante, contudo, veio depois. Para ele, não há crise ou instabilidade no clube com os recentes resultados.

O Grêmio começou o jogo com três volantes, Lucas Silva ao lado de Darlan e Matheus Henrique, mas com a saída do ex-jogador do Cruzeiro viu o Palmeiras abrir o placar.

"Tinha que montar um esquema um pouco diferente, né? No momento que eu tirei o Lucas eu podia ter tirado o Matheusinho, Darlan… Não foi por isso que tomamos o gol. Foi a coragem do treinador. Mesmo sendo o Palmeiras, fomos para dentro para ganhar a partida. Isso acontece. Mas mesmo assim a equipe não se abateu e foi para cima. Não enfrentamos qualquer equipe", disse Renato Gaúcho.

Em outro trecho da entrevista coletiva, o treinador gremista afirmou que não vê turbulência.

"Aqui não tem pressão, não. Isso está na cabeça de muitas pessoas. A gente sempre procura o melhor. O que está faltando ao Grêmio é uma sequência de duas ou três vitórias. Nossos problemas estão aí para todos verem. Tudo bem que não vencemos o jogo, mas é só ver o time que estava em campo. Totalmente desentrosado e mesmo assim, mas melhores situações foram do Grêmio. Importante vencer, a gente joga para vencer. Mas daqui a pouco vamos ter força total e quando voltarem todos, estaremos muito fortes", apontou Portaluppi.

Futebol