PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Zagueiro pode ser mais um que o Barça recompra depois de revelar; relembre

Eric Garcia em ação quando era atleta das categorias de base do Barcelona - Barcelona
Eric Garcia em ação quando era atleta das categorias de base do Barcelona Imagem: Barcelona

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/09/2020 04h00

O zagueiro espanhol Eric García é um dos alvos do Barcelona no mercado da bola. Atualmente no Manchester City, o defensor de apenas 19 anos seria um reforço que seguiria a ideia de renovação do elenco após a pior temporada do clube espanhol em 12 anos: sem nenhum título.

No entanto, o defensor já passou pelo clube azul e grená. Ele é cria da La Masia — como ficou conhecida as categorias de base da equipe — e ficou nos juniores por quase dez anos (entre 2008-2017).

Em 2017, quando ainda tinha 16 anos acabou sendo contratado pelo Manchester City por apenas 1,5 milhão de libras (cerca de R$ 6,3 milhões na época), de acordo com os jornais espanhóis. O espanhol foi um pedido de Pep Guardiola, que sempre gostou de trabalhar com jovens atletas e tinha visto o defensor de perto quando dirigiu o Barcelona.

A vontade do time catalão em querer repatriar um atleta revelado pelo clube não é uma novidade. Nos últimos anos, alguns jogadores acabaram deixando o time sem ao menos receber oportunidades no profissional, mas futuramente acabaram sendo recontratados.

Jordi Alba

Jordi Alba lateral do Barcelona - Jose Jordan/AFP - Jose Jordan/AFP
Imagem: Jose Jordan/AFP

O lateral esquerdo faz parte de uma geração muito vitoriosa do Barcelona. Ele chegou à equipe em 2012 para ser o substituto imediato de Eric Abidal, que vivia problemas na carreira por conta de um tumor no fígado. Alba foi contratado junto ao Valencia por 14 milhões de euros, mas já havia passagens por La Masia entre 1998 a 2005.

Cesc Fábregas

Fabregas - AFP PHOTO/ JOSEP LAGO - AFP PHOTO/ JOSEP LAGO
Imagem: AFP PHOTO/ JOSEP LAGO

O meio-campista espanhol também é um jogador que foi criado nas categorias de base do Barcelona, mas nunca chegou a ser promovido ao time principal. Aos 16 anos, recebeu uma proposta do Arsenal e optou por se transferir para o futebol inglês. Em 2011, retornou ao clube azul e grená por cerca de 40 milhões de euros. Atualmente, Fábregas está no Monaco.

Gerard Piqué

messi piqué - JOSE JORDAN / AFP - JOSE JORDAN / AFP
Imagem: JOSE JORDAN / AFP

Assim como Fábregas, Piqué se destacou nas categorias de base do Barcelona e recebeu uma proposta do Manchester United, em 2004. O atleta optou pela transferência, mas não chegou a receber muitas oportunidades nos Red Devils. Na temporada 2008/09, a equipe catalã contratou o jogador por 5 milhões de euros, segundo os jornais espanhóis da época.

Denis Suárez

Denis Suarez - Manu Fernandez/AP - Manu Fernandez/AP
Imagem: Manu Fernandez/AP

O meia não desembarcou muito jovem no Barcelona. Em 2013, chegou ao time B, se destacou e foi contratado pelo Villarreal dois anos depois — após boa passagem por empréstimo ao Sevilla. No entanto, em seu contrato havia uma cláusula de recompra a favor do Barça e, com isso, em 2016, os dirigentes recontrataram o atleta por cerca de 3,2 milhões de euros. Atualmente, ele joga no Celta de Vigo.

Gerard Deulofeu

Deulofeu - Alex Caparros/Getty Images - Alex Caparros/Getty Images
Imagem: Alex Caparros/Getty Images

O atacante chegou às categorias de base do clube aos 9 anos e se destacou. Porém, não teve sequência no time principal e conviveu com empréstimos. O Everton-ING gostou das atuações do jogador e o contratou de forma definitiva. Em 2017, o Barcelona ativou sua cláusula de recompra e ficou com o atacante. Hoje, defende o inglês Watford.

Futebol