PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Muller diz que massacre do Bayern sobre o Barça 'não foi uma noite normal'

Thomas Muller completa cruzamento e faz o quarto gol do Bayern de Munique sobre o Barcelona - Michael Regan - UEFA
Thomas Muller completa cruzamento e faz o quarto gol do Bayern de Munique sobre o Barcelona Imagem: Michael Regan - UEFA

Do UOL, em São Paulo

14/08/2020 18h14

O meia-atacante Thomas Muller analisou o massacre do Bayern de Munique sobre o Barcelona em jogo válido pelas quartas de final da Liga dos Campeões. A equipe bávara venceu por 8 a 2 e dominou completamente a equipe rival do início ao fim da partida. Para o atacante alemão, o triunfo é resultado do trabalho coletivo, mas também diz que essa "não foi uma noite normal".

"A gente jamais parou, nunca paramos com essa fome (de gols). Também tivemos boa assertividade hoje, os caras na frente, lá atrás, fomos tão agressivos. No momento que jogamos juntos, é difícil para qualquer adversário jogar contra a gente", declarou Muller, que acrescentou:

"Estamos muito felizes, você pode imaginar, isso não é uma noite normal de Champions. Ganhamos do Barça, um grande clube, por 8 a 2. Isso é maluco. A gente mereceu, mas temos que ficar calmos e focados, não acabou agora. Ainda temos que jogar uma semifinal. Todos sabem que a gente quer mais, mas com a minha experiência, você tem que ficar focado. Talvez possamos celebrar um pouco hoje, estamos muito cansados para uma grande festa, mas estamos aqui para alcançar nosso objetivo que é chegar na final."

O atacante também creditou a boa fase vivida pelo Bayern ao trabalho do técnico Hans Flick.

"Acredito que quando Flick começou em novembro, nós passamos a jogar com muita intensidade e alegria. (Veja) Os jogadores sentados no banco, como eles estão envolvidos. (...) O Philippe entrou e fez dois gols. Nós temos muito talento e tanto esforço que é gera essa grande mistura."

Futebol