PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Athletico-PR abre o Campeonato Brasileiro com vitória sobre o Fortaleza

Do UOL, em São Paulo

08/08/2020 20h52

Vitinho deu a largada ao Campeonato Brasileiro de 2020. O atacante do Athletico-PR marcou o primeiro gol desta edição do Brasileirão e o primeiro da vitória por 2 a 0 do Furacão em cima do Fortaleza, na Arena Castelão. O segundo gol atleticano foi marcado por Leo Cittadini, ambos no primeiro tempo.

O primeiro gol do Brasileirão 2020 saiu aos 23 minutos, após receber o cruzamento de Nikão. O Furacão termina o sábado com a liderança do Brasileirão. O Internacional também venceu, porém por 1 a 0.

O Athletico-PR fará o seu primeiro jogo em casa na quarta-feira (12) contra o Goiás, às 19h15. No dia seguinte, o Fortaleza estará no Morumbi, onde enfrentará o São Paulo.

fortaleza x athletico - Pedro Chaves/AGIF - Pedro Chaves/AGIF
Jogadores do Athletico comemoram o gol de Leo Cittadini
Imagem: Pedro Chaves/AGIF

Melhor em campo: Nikão

Um dos poucos titulares que não foram poupados por Dorival Júnior, Nikão fez uma boa atuação na estreia em Fortaleza. Após marcar o gol do título paranaense no meio de semana, o atacante teve participação na origem das jogadas que resultaram nos dois gols do jogo.

No primeiro, Nikão participou da tabela com Jonathan, que terminou no cruzamento para o gol de Vitinho. Depois, encontrou Vinicius Mingotti, que tirou a bola de Felipe Alves para a finalização de Leo Cittadini.

Pior em campo: Quintero

O jogo já não estava bom para Quintero, que enfrentava dificuldade para conseguir parar Nikão. Uma dessas disputas com o atacante resultou em cenas lamentáveis, com o zagueiro dando um soco no jogador atleticano. Cartão vermelho direto para ele.

Fortaleza precisa se provar

Rogério Ceni tem um desafio nas mãos neste Brasileiro: repetir a ótima campanha feita pelo Fortaleza no ano passado, quando terminou em nono lugar. O time não jogava desde a eliminação para o rival Ceará na semifinal na Copa do Nordeste e também não começou com pé direito no Brasileirão. O jogo ficou ainda mais complicado para o Tricolor após o cartão vermelho de Felipe, quando o jogo já estava 2 a 0 para o Athletico.

Athletico no embalo do título

O time de Dorival Júnior ainda não perdeu desde o retorno do futebol. Esta foi a quinta vitória do Furacão em sete jogos pós-quarentena. Sem alguns titulares, que descansaram após a final do Estadual, o Athletico-PR também quer repetir a campanha do ano passado. Em 2019, o time terminou em quinto e ainda foi campeão da Copa do Brasil.

dorival e rogerio - Pedro Chaves/AGIF - Pedro Chaves/AGIF
Rogério Ceni, do Fortaleza, e Dorival Júnior, do Athletico-PR
Imagem: Pedro Chaves/AGIF

Sem torcida e sem imagens

Apenas os poucos profissionais presentes no Castelão tiveram o privilégio de testemunhar a estreia de Fortaleza e Athletico-PR. Além da ausência de torcedores por conta dos protocolos de segurança contra o novo coronavírus, o jogo também não foi transmitido por nenhum canal. A Turner optou pela exibição de Coritiba x Internacional, e o Athletico não possui contrato em PPV com a Globo, o que impossibilitou a transmissão da partida pelo canal Premiere.

Cronologia do Jogo

O Athletico-PR abriu o placar aos 23 do primeiro tempo com Vitinho, que recebeu a bola cruzada por Jonathan e finalizou para o gol de Felipe Alves. Aos 47, Mingotti conseguiu titar o goleiro tricolor do seu caminho e a bola sobrou em Cittadini, que só precisou empurrar para ampliar o placar.

Sem gols, o segundo tempo ficou marcado pela expulsão de Quintero, que deu um soco em Nikão e recebeu o cartão vermelho direto. Na cobrança da falta, o atacante obrigou Felipe a fazer boa defesa com soco.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 2 ATHLETICO-PR

Data: 08 de agosto de 2020
Horário: 19h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (1ª rodada)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Éder Alexandre (ambos de SC)
VAR: Rodrigo Dalonso (SC)

Gols: Vitinho, aos 23', e Leo Cittadini, aos 47' do 1º Tempo

Cartões amarelos: Juninho e Paulão (Fortaleza); Kawan e Christian (Athletico-PR)

Cartão vermelho: Quintero (Fortaleza)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho (Tiago Orobó) e Romarinho (Derley); David (Jackson), Wellington Paulista (Yuri Cesar) e Osvaldo (Marlon). Técnico: Rogério Ceni.

ATHLETICO-PR: Jandrei; Jonathan (Khellven), Zé Ivaldo, Aguilar e Abner Vinícius; Richard (Kawan), Fernando Canesin (Christian) e Leo Cittadini (Carlos Eduardo); Nikão, Vinicius Mingotti (Lucho González) e Vitinho. Técnico: Dorival Júnior.