PUBLICIDADE
Topo

Renato Gaúcho vê jogo às 11h como um dos motivos para empate do Grêmio

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

26/07/2020 14h14

Classificação e Jogos

Renato Gaúcho citou o horário do jogo do Grêmio contra o Ypiranga-RS, pela quinta rodada da fase de grupos do segundo turno do Gauchão, como um dos motivos para o time não ter vencido. Depois do empate por 1 a 1, o treinador reconheceu que a atuação não foi ideal e declarou que a mudança de rotina afetou o desempenho dos jogadores.

Diego Souza abriu o placar, mas logo depois Muriel empatou para o time de Erechim.

"Criamos situações, mas não tivemos de repente a tranquilidade necessária para fazer o segundo gol. Não vencemos, mas conseguimos a classificação. Acho que o Grêmio merecia ter vencido. Não foi uma apresentação ótima, mas criamos. Até porque, domingo de manhã é difícil de jogar… tudo muda. Horários, alimentação. Os jogadores têm o hábito de acordar às 11h, então tudo é diferente, tudo é difícil", disse Renato.

O Grêmio teve maior posse de bola e chegou a espremer o Ypiranga contra a defesa, mas ainda assim foram poucas as chances reais de gol. Tanto no primeiro quanto no segundo tempo. Para Renato, na etapa inicial faltou companhia a Diego Souza.

"O que eu cobrei no intervalo é que tanto Alisson, Everton e Jean precisavam encostar mais no Diego. Ele ficou muito sozinho no primeiro tempo. A gente precisava chegar com mais gente dentro da área. Aconteceu no segundo tempo. Mas no momento que fica dificil tocar a bola por dentro, ir pelo lado é a melhor jogada", declarou. "Uma das coisas que mais cobro da minha equipe é justamente isso, ter tranquilidade no último passe. Na hora do chute, de decidir a jogada. Evitar o máximo o chute do adversário em frente a nossa área e foi o que aconteceu. Faltou tranquilidade na hora do chute, do cruzamento", completou.

O Grêmio soma 13 pontos na fase de grupos do segundo turno do Campeonato Gaúcho e 22 na classificação geral.

Futebol