PUBLICIDADE
Topo

Milton Neves já levou dura histórica da mãe e sonhou assumir o Santos

Milton Neves é uma das atrações do OtaLab - Divulgação/Band
Milton Neves é uma das atrações do OtaLab Imagem: Divulgação/Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/07/2020 04h00

É difícil encontrar um apaixonado por futebol que não conheça Milton Neves. Os programas de TV, mesas-redondas e as polêmicas fazem parte da trajetória de um dos principais nomes da história do jornalismo esportivo brasileiro. O apresentador será um dos convidados de hoje do "OtaLab" no UOL, a partir das 15h (de Brasília), e vai bater um papo com Otaviano Costa no quadro "Química de Notícias".

Para esquentar, separamos 10 curiosidades sobre a vida de Milton Neves —algumas delas, bem antes da fama.

Santista, sim. Mas não por causa de Pelé

Engana-se quem pensa que foi por causa de Pelé que Milton Neves virou torcedor do Santos. O jogador que ganhou o jovem "Miltinho" foi Pagão. O curioso é que o motivo não foi exatamente a habilidade do centroavante.

"Meus primos estavam ouvindo a final do Supercampeonato Paulista de 1959 (...) eles estavam com uma cara triste. Eu perguntei o motivo e eles disseram que o Santos tinha perdido. E aí eu falei: 'de quem é o Pagão?' Eles disseram, 'é do Santos'. Daí, eu falei que eu era do Santos", contou em uma entrevista à ESPN em março deste ano.

"Mas isso era porque o padre Rafael dizia na missa da juventude que não podia morrer pagão. Então, com medo de ir pro inferno, eu virei santista e isso mudou minha vida."

Sonhou ser presidente do Santos

Milton Neves também já teve o seu lado cartola. Ele foi conselheiro do Santos até 2013 e chegou a sonhar ser presidente do clube. Hoje, já abandonou a ideia.

R$ 800 mil com 'merchan'...

O apresentador nunca escondeu a vida de luxo. Muito pelo contrário. Ele admite que já ganhou muito dinheiro, principalmente com os seus famosos "merchans".

"A 'Veja' publicou que eu ganhava R$ 800 mil por mês e gerou uma inveja... E eu falei 'isso de R$ 800 mil é café pequeno'. Só de merchan já dava mais que isso. E isso gera inveja. Inveja é o mau hálito da alma. Agora, os vagabundos, invejosos, não falam nada", disse em uma entrevista ao UOL.

...mas já roubou carteira

Ainda quando criança, Miltinho levou uma dura da mãe ao roubar uma carteira do Flamengo durante uma pelada em um campinho perto de sua casa. Ele a avistou caída ao pé da trave e correu com ela para casa.

Acontece que a sua mãe descobriu e lhe deu uma bronca daquelas!

E por falar em mamãe

A Ponte dos Remédios, na Lapa, em São Paulo, leva o nome da mãe do apresentador: Carmen Fernandes Neves. A homenagem foi feita em 2013, após o então prefeito Fernando Haddad sancionar um projeto de lei.

Tentou ser estagiário na Petrobras

Muito antes se tornar um dos principais nomes da TV, Milton Neves tentou uma vaga de estágio na Petrobras. Foi em 1971, quando ele tinha 20 anos.

Foi 'técnico' aos 16 anos

Na adolescência, ele teve a experiência de ser técnico de um time de garotos em Muzambinho, sua cidade natal. Será que ele levava jeito?

Já apresentou o 'Cidade Alerta'

Em março de 2003, Milton Neves substituiu Datena como apresentador do Cidade Alerta, na Record. Ficou até julho daquele ano à frente do programa.

Fez participação na 'Escolinha do Barulho'

Outra experiência de Milton Neves longe dos programas esportivos foi na "Escolhinha do Barulho", da Record. Em 2001, ele fez uma participação especial como professor da atração.

Homenageado no Museu Pelé

O Museu Pelé, em Santos, presta homenagem a vários craques —entre eles, Milton Neves. O apresentador teve as mãos eternizadas em um evento na calçada da fama do museu, em março de 2015. Que moral, hein?