PUBLICIDADE
Topo

Brasileiro até 2021 pode ter prorrogação automática de contratos de atletas

Clubes aguardam manifestação oficial da CBF sobre contratos que se encerram em dezembro de 2020 - Lucas Figueiredo/CBF
Clubes aguardam manifestação oficial da CBF sobre contratos que se encerram em dezembro de 2020 Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

José Eduardo Martins e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e Belo Horizonte

10/07/2020 04h00

Classificação e Jogos

Com a confirmação do calendário do futebol brasileiro até fevereiro de 2021, os clubes aguardam uma posição da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre os contratos que se encerram no fim deste ano. Há jogadores que poderiam deixar os times em meio à disputa do torneio com a configuração atual. No entanto, é possível que haja a extensão dos vínculos até o término da competição.

A situação é discutida pela entidade nos bastidores e já foram dados indícios de que haverá uma prorrogação automática na validade de todos os vínculos que se encerrariam em dezembro de 2020, assim como aconteceu no futebol europeu. Em que pese a movimentação interna, ainda não há uma manifestação oficial por parte da entidade.

Os clubes, portanto, pressionam a CBF para que haja uma resposta mais rápida. A ideia é solucionar o caso antes mesmo do início da principal competição nacional, previsto para 9 de agosto. A maior parte das 20 equipes do Brasileirão enfrenta problemas semelhantes.

Janela de transferências

Outro ponto que preocupa os dirigentes é a possibilidade de contratar reforços no mercado da bola. Os clubes encontram dificuldades para adquirir jogadores por causa da crise financeira em meio à pandemia do novo coronavírus. Entretanto, há equipes que se reforçaram, como Atlético-MG, Athletico-PR e Corinthians. Eles e outros aguardam o novo prazo da janela de transferências, que será modificado por causa da paralisação do esporte.

A CBF não determinou o novo período de janela, mas também já deu indícios que, além de adiá-lo, deve estendê-lo. Os clubes querem inscrever os seus jogadores para a disputa dos torneios que ocorrerão até fevereiro de 2021. No Corinthians, por exemplo, há o desejo de um processo mais célere para a regularização de Jô. O Galo espera algo da mesma forma para contar com Bueno, Júnior Alonso, Alan Franco e Keno.

Futebol