PUBLICIDADE
Topo

Por que Corinthians aposta em evolução de Luan após chegada de Jô

Luan em ação pelo Corinthians, na Arena Itaquera, antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus - Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Luan em ação pelo Corinthians, na Arena Itaquera, antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus Imagem: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/07/2020 04h00

O Corinthians acredita que o meia Luan deve evoluir com a chegada do atacante Jô. Segundo apurou o UOL Esporte, o técnico Tiago Nunes e companhia apostam que o camisa 77 facilitará a vida do ex-gremista na armação das jogadas, pois é um centroavante mais versátil.

Apesar de gostar de atuar dentro da área, Jô se movimenta mais no ataque em comparação aos três centroavantes que estavam à disposição de Tiago Nunes antes da paralisação do futebol por conta da pandemia: Vagner Love, Gustagol e Boselli. Os dois primeiros, aliás, já deixaram o clube paulista.

Na visão da cúpula corintiana, Jô oferece mais opções para o meia enfiar bolas e, por isso, Luan deve aumentar o seu desempenho em relação ao número de assistências na temporada.

Luan, que já marcou cinco gols pelo Corinthians — Florida Cup (2), Campeonato Paulista (2) e Pré-Libertadores (1) —, é o terceiro jogador que mais cria chances de gol em todo o Estadual. Em dez jogos, o camisa 7 foi responsável por 21 assistências para finalizações, segundo estatísticas do Footstats. Os mais criativos são Fagner (27) e Daniel Alves (31)

Mesmo assim, Luan não soma nenhuma assistência para gol no Campeonato Paulista.

Além das assistências, Luan continua sendo uma das "armas" mais fortes do time de Tiago Nunes quando o assunto é finalização no Paulistão. Ele é o jogador que mais arrisca chutes a gol no Corinthians. Foram 23 arremates, sendo oito no gol, 34,8% de aproveitamento.

Vale ressaltar que no Grêmio, no ano passado, mesmo longe de sua forma ideal, Luan foi o líder em assistências para gols do Tricolor gaúcho ao lado de Alisson, com seis passes para gol, além de ser o terceiro que mais criou chances de gol: 29 no total.

Futebol