PUBLICIDADE
Topo

Digão diz que não há favorito no clássico Fla-Flu: "A história já diz isso"

Digão, do Fluminense, em ação durante clássico contra o Flamengo - Ricardo Moraes/Reuters
Digão, do Fluminense, em ação durante clássico contra o Flamengo Imagem: Ricardo Moraes/Reuters

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/07/2020 19h56

O zagueiro Digão afirmou que no clássico entre Fluminense e Flamengo na próxima quarta-feira (8), pela final da Taça Rio, não há nenhum favorito. O defensor que completou seu jogo de número 170 com a camisa do Tricolor carioca no, hoje, no empate em 0 a 0 contra o Botafogo, no estádio Nilton Santos, ainda fez questão de comemorar a marca alcançada.

"Eles têm uma equipe muito qualificada, vai ser muito difícil, mas é um Fla-Flu a história já diz que não tem nada garantido para nenhum dos dois lados. Espero que quem jogue o melhor futebol sai vencedor e o Fluminense possa sair com esse caneco", afirmou o zagueiro de 32 anos.

Com a suspensão de Matheus Ferraz, por tomar o terceiro cartão amarelo no empate em 0 a 0 contra o Macaé, Digão herdou a vaga na zaga titular. Além de ajudar o Tricolor das Laranjeiras a não sofrer gols, o defensor alcançou a marca de 170 jogos com a camisa do clube e fez questão de celebrar.

"Sentimento de orgulho de vestir essa camisa e alcançar essa marca importante para mim. Feliz pela marca e pela classificação. A gente espera levantar essa taça, mesmo sendo um adversário difícil", concluiu.



Futebol