PUBLICIDADE
Topo

Santos põe 'cláusula extraordinária' em acordo de corte salarial de atletas

José Carlos Peres, presidente do Santos, comanda negociação de corte salarial com o elenco - Ivan Storti/Santos FC
José Carlos Peres, presidente do Santos, comanda negociação de corte salarial com o elenco Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/07/2020 04h00

O Santos negocia o corte de salário com elenco por conta da crise causada pelo coronavírus. No período de pandemia, o Alvinegro pagou 30% do ordenado e agora oferece reembolso de 45% em três parcelas. Segundo apurou a De Primeira, o acordo possui uma cláusula de receita extraordinária. Em caso de venda de atletas até o fim do ano, o clube promete quitar a dívida com os jogadores à vista.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol