PUBLICIDADE
Topo

Xavi: 'O maior sonho que eu tenho hoje é ser treinador do Barcelona'

Ídolo do Barcelona, Xavi Hernandez, é atualmente técnico do Al-Sadd do Catar  - Eurasia Sport Images/Getty Images
Ídolo do Barcelona, Xavi Hernandez, é atualmente técnico do Al-Sadd do Catar Imagem: Eurasia Sport Images/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/06/2020 19h47

Classificação e Jogos

Atual treinador do Al-Sadd (QAT), clube em que encerrou a carreira, Xavi Hernández admitiu que seu maior sonho hoje é treinar o Barcelona. O ex-jogador do clube catalão afirmou que sua comissão técnica já está se preparando para isso.

"O maior sonho que eu tenho hoje é ser treinador do Barça e voltar ao clube para vencer. Não apenas eu, mas ver os jogadores e o clube vencer. E, como consequência, nossa comissão técnica está se preparando muito e nos faz sonhar", disse em um bate-papo organizado pela entidade 'Casa Nostra Casa Vostra'.

Xavi confirmou que foi procurado pelo Barça no início de 2020, mas que entendeu que as circunstâncias e o momento não eram adequados para ele assumir o clube. O ex-jogador gostaria de começar um projeto 'do zero'.

"Sou uma pesoa do clube. E o que eu gostaria é que todos tivessem as condições para retornar no exato momento para começar um projeto do zero. (...) Está claro que o cenário após as eleições no clube seria perfeito. (...) Conversei com o clube em janeiro, mas disse a eles que nem as circunstâncias nem o momento me favoreciam para assumir o clube naquele momento. Mas espero que me chamem de novo", complementou.

Como meio-campista, Xavi construiu a maior parte de sua carreira no Barcelona, onde foi campeão espanhol oito vezes (1998-99, 2004-05, 2005-06, 2008-09, 2009-10, 2010-11, 2012-13, 2014-15), três vezes campeão da Copa do Rei (2008-09, 2011-12, 2014-15), seis vezes da Supercopa da Espanha (2005, 2006, 2009, 2010, 2011, 2013), quatro vezes campeão da Liga dos Campeões da Europa (2005-06, 2008-09, 2010-11, 2014-15), duas vezes campeão da Supercopa da Europa (2009, 2011), e duas vezes campeão do Mundial de Clubes da Fifa (2009 e 2011).

No Al-Sadd, onde encerrou a carreira, Xavi conquistou o campeonato local, o Qatar Stars League em 2018-19, a Copa do Emir do Qatar em 2017, a Copa do Qatar em 2017 e a Supercopa do Qatar em 2017.
Pela seleção espanhola, Xavi foi peça importante nas conquistas das Eurocopas de 2008 e 2012 e da Copa do Mundo de 2010.

UOL Esporte vê TV