PUBLICIDADE
Topo

Casillas desiste de candidatura à presidência da Federação Espanhola

Casillas não será mais candidato à presidência da Federação Espanhola de Futebol - Maxim Shemetov/Reuters
Casillas não será mais candidato à presidência da Federação Espanhola de Futebol Imagem: Maxim Shemetov/Reuters

Do UOL, em Porto Alegre

15/06/2020 09h03

O ex-goleiro Iker Casillas não irá mais concorrer à presidência da Federação Espanhola de Futebol. Em nota nas suas redes sociais, o antigo atleta explicou os motivos pelos quais desistiu do pleito.

"Gostaria de informar que decidi não participar da próxima eleição da RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol), recentemente convocadas. O principal motivo que me levou a isso foi a situação excepcional, econômica e sanitária que está sofrendo nosso país, que deixa as eleições em segundo plano. O momento é de somar e não de dividir, porque a sociedade e o futebol necessitam", diz trecho do documento.

COMUNICADO OFICIAL

Uma publicação compartilhada por Iker Casillas (@ikercasillas) em

Casillas ainda não é definitivo sobre o futuro. Em outro cenário, ele acredita que poderá participar do processo eleitoral.

"Não é uma porta fechada para o futuro. Queria um processo eleitoral justo, transparente e realmente participativo, buscando o melhor para o futebol espanhol. Creio que nesta ocasião não será assim. Espero que nas próximas eleições possa ocorrer, comigo ou com outros candidatos", completou.

Casillas havia anunciado sua candidatura em fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus.

Com 39 anos, o ex-goleiro do Real Madrid e campeão da Copa do Mundo com a seleção espanhola era o favorito para vencer a eleição, segundo a imprensa espanhola

Futebol