PUBLICIDADE
Topo

Bahia dá camisa a pacientes que receberem alta de hospital na Fonte Nova

Júlio Roque Nascimento Souza, paciente que se curou da covid-19, foi o primeiro a receber o presente - Reprodução
Júlio Roque Nascimento Souza, paciente que se curou da covid-19, foi o primeiro a receber o presente Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/06/2020 15h37

O Bahia anunciou hoje que dará uma camisa do clube a cada paciente que receber alta do hospital de campanha da Arena Fonte Nova, montado para combate ao novo coronavírus .

A iniciativa é uma parceria da equipe com uma empresa de benefícios e com o próprio estádio. A instalação médica foi inaugurada em 5 de junho.

Anteontem, o hospital começou a registrar a saída dos primeiros pacientes curados da covid-19: Júlio Roque Nascimento Souza, de 50 anos, e Raimunda Cruz, de 65 anos. Júlio foi o primeiro a receber a camisa.

Segundo dados divulgados no final da tarde de ontem pela Secretaria de Saúde da Bahia, o estado já contabilizou 34.665 casos confirmados do coronavírus desde o início da pandemia, com 14.976 pacientes recuperados e 1.039 óbitos decorrentes.

Ex-jogador do Vitória dá nome a ala

Embora o hospital tenha sido instalado no estádio do Bahia, um ex-jogador do Vitória dá nome a uma das alas: Arthur Maia. O volante estava emprestado à Chapecoense em 2016 e foi uma das vítimas do acidente aéreo do clube catarinense em novembro daquele ano.

Ontem, uma UTI do hospital passou a se chamar Artur Brasiliano Maia. "Além das quatro alas de Terapia Intensiva, que totalizam 100 leitos de UTI, também vamos homenagear ex-atletas nas enfermarias", anunciou o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Outro ex-jogador que já empresta o nome a uma ala do hospital é Élcio Nogueira da Silva, o Sapatão, ídolo do Bahia nos anos 70. Ex-zagueiro e ex-treinador, Sapatão foi diagnosticado com covid-19 e morreu em 5 de junho.

Bahia