PUBLICIDADE
Topo

Marta e Rivaldo lamentam morte de Vadão e fazem elogios ao técnico

Vadão, ex-técnico da seleção brasileira feminina de futebol, durante a Copa do Mundo  - Denis Balibouse/Reuters
Vadão, ex-técnico da seleção brasileira feminina de futebol, durante a Copa do Mundo Imagem: Denis Balibouse/Reuters

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 15h32

A morte do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão foi lamentada por atletas e personalidades do futebol nas redes sociais. A jogadora Marta, que trabalhou com ele na seleção feminina de futebol, e o ex-jogador Rivaldo, comandado por ele no Mogi Mirim, foram alguns dos que manifestaram pesar pela partida do treinador.

"Desconheço qualquer ser humano igual, você soube viver a vida de maneira digna e honestamente, orgulho demais de ter vivido momentos maravilhosos ao seu lado e ter tido a oportunidade de aprender muito. Obrigada por tudo e descanse em paz", escreveu Marta, eleita seis vezes a melhor do mundo, ao treinador com quem atuou em duas Copas (2015 e 2019) e uma Olimpíada (2016).

Vadão faleceu vítima da complicação de um câncer no fígado, aos 63 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de São Paulo desde o último dia 18.

"O futebol brasileiro perde um grande profissional e grande homem que me ajudou muito no início da minha carreira. Eu aprendi bastante com ele", escreveu Rivaldo no Instagram. O ex-jogador foi um dos craques do 'Carrossel Caipira', como ficou conhecido o Mogi Mirim comandado por Vadão no início da década de 1990.

Kaká, que foi revelado pelo técnico, foi outro a divulgar sua homenagem nas redes: "Minha eterna gratidão por você ter aberto as portas pra um garoto que ninguém conhecia e poucos acreditavam".

O perfil oficial da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também publicou uma nota de pesar nas redes. Ainda, a entidade afirmou que manterá as bandeiras da sede da confederação, no Rio de Janeiro, a meio mastro em homenagem ao treinador.

Outros nomes, como Cristiane, Luís Fabiano, Fernandinho e Alex também se manifestaram. Vadão também recebeu homenagens do perfil oficial da Copa do Mundo Feminina e de clubes brasileiros, como São Paulo, Guarani e Ponte Preta — todos treinador por ele — e mesmo outros, como o Santos. Confira, abaixo, as reações:

Futebol