PUBLICIDADE
Topo

Temendo coronavírus, goleiro evita ir ao banheiro em voo de 14 horas

Romero evitou ir ao banheiro em voo de 14 horas, pois não sabia se outros passageiros tinham coronavírus - Flavio Florido/UOL
Romero evitou ir ao banheiro em voo de 14 horas, pois não sabia se outros passageiros tinham coronavírus Imagem: Flavio Florido/UOL

Do UOL, em São Paulo

29/04/2020 12h54

O goleiro Sergio Romero, do Manchester United, disse que evitou ir ao banheiro em um voo que pegou de volta à Argentina, em virtude do temor de pegar o novo coronavírus. Ele permaneceu por mais de 14 horas sem se mexer até que o avião pousasse.

"Eu apenas sentei meu corpo no avião e não me mexi por 14 horas. Eu não comi e não fui ao banheiro, porque não poderia saber como estavam as outras pessoas [no voo]", disse o jogador em entrevista ao site do Red Devils na última segunda-feira (27).

Goleiro recordista de jogos pela seleção argentina, com 96 partidas disputadas, Romero disse que foi de carro de Manchester à Londres, onde pegou um voo para Paris, de onde iria para Buenos Aires.

"Não havia muitas pessoas no aeroporto [em Londres], mas todas estavam mantendo uma distância segura uma da outra", relatou.

"Todas as pessoas pareciam muito nervosas porque às vezes alguém fazia isso [espirrava]", lembrou.

Romero desembarcou em solo argentino no dia 22 de março, tendo ficado em quarentena em um hotel por duas semanas até poder ir ao encontro de seus familiares.

Manchester United