PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Tite diz que teve autonomia para levar trio do Flamengo: "Início de Copa"

Tite, durante convocação da seleção brasileira - Felipe Moreno / MoWA Press
Tite, durante convocação da seleção brasileira Imagem: Felipe Moreno / MoWA Press

Do UOL,em São Paulo

06/03/2020 11h25

O técnico Tite disse que não negociou com os clubes para convocar a seleção brasileira com força máxima dentro dos jogadores que tinha à disposição. O Flamengo teve Gabigol, Bruno Henrique e Everton Ribeiro chamados.

Segundo Tite, a autonomia foi total para a convocação, já que as Eliminatórias são encaradas pela comissão técnica como o início de uma Copa do Mundo. O Brasil enfrenta Bolívia e Peru nos dias 27 e 31 de março.

"Não [teve negociação] com clubes, com nenhum clube como critério. É um início de Copa do Mundo, uma responsabilidade muito grande, um acompanhamento muito grande e de escolhas. Autonomia de escolhas dos atletas", disse.

Durante a entrevista coletiva, o treinador foi questionado sobre o momento do Flamengo e uma comparação com a seleção brasileira. Tite, no entanto, disse não gostar de fazer comparações.

"Fazer comparativos, eu tenho acompanhado, entre clubes e gerações diferentes, é uma situação que tem muitas variáveis e é injusto. Passei uma etapa me comparando com os outros, aí você fica ou presunçoso ou magoado. Sempre vai ter alguém melhor do que a gente, aprendi a fazer o meu trabalho bem feito e evitar me comparar com outros técnicos. Mas reconhecendo que o Flamengo está fazendo um trabalho extraordinário e digno de elogios. Como foi o Atlético do Cuca, o Santos de Muricy, o Corinthians de 2012, o Grêmio campeão da Libertadores".

A lista

Goleiros

Ederson (Manchester City-ING)
Ivan (Ponte Preta)
Weverton (Palmeiras)

Laterais

Daniel Alves (São Paulo)
Danilo (Juventus-ITA)
Alex Sandro (Juventus-ITA)
Renan Lodi (Atlético de Madri-ESP)

Zagueiros

Eder Militão (Real Madrid-ESP)
Felipe (Atlético de Madri-ESP)
Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA)
Thiago Silva (Paris Saint-Germain-FRA)

Meio-campistas

Arthur (Barcelona-ESP)
Casemiro (Real Madrid-ESP)
Bruno Guimarães (Lyon-FRA)
Everton Ribeiro (Flamengo)
Fabinho (Liverpool-ING)
Coutinho (Bayern de Munique-ALE)

Atacantes

Bruno Henrique (Flamengo)
Everton (Grêmio)
Gabigol (Flamengo)
Neymar (Paris Saint-Germain-FRA)
Roberto Firmino (Liverpool-ING)
Richarlison (Everton-ING)
Gabriel Jesus (Manchester City-ING)

Seleção Brasileira