PUBLICIDADE
Topo

Flamengo também tentou com Neto direito de resposta pedido a Faustão

Divulgação
Imagem: Divulgação

Brunno Carvalho e Leo Burlá

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

17/02/2020 14h59

Fausto Silva leu durante o "Domingão do Faustão" de ontem (16) um direito de respostas enviado pelo Flamengo. O pedido do clube carioca aconteceu após uma declaração do apresentador sobre o imbróglio envolvendo as indenizações às famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu. A atitude tem sido um hábito do Flamengo.

O clube carioca já solicitou espaço em programas de outras emissoras. O direito de resposta, no entanto, não foi concedido ao Flamengo pela Band, em agosto do ano passado. Os dirigentes queriam dar sua versão sobre uma afirmação de Neto durante o programa "Os Donos da Bola".

Na ocasião, o apresentador afirmou que o Ninho do Urubu havia sido alugado "para uma festa" no dia que a tragédia completou seis meses. O clube tentou o direito de respostas para rebater Neto, mas foi recusado.

A reportagem tentou contato com a Band, que não respondeu até o momento. Caso a emissora se manifeste, o texto será atualizado.

No caso de Faustão, o apresentador afirmou ser "inadmissível e indecente o comportamento dos diretores do Flamengo no caso do incêndio".

Ao encerrar um dos blocos ontem, o apresentador relembrou o ocorrido, afirmando que "quando se faz uma crítica, há o risco de que as pessoas possam não aceitar e querer o direito de resposta". Segundo ele, os dirigentes do time teriam acionado advogados para exigir o direito de resposta por se sentirem desrespeitados.

Após anunciar o direito de resposta, Faustão chamou os comerciais. No comunicado exibido, os dirigentes ressaltam que é "lamentável que um apresentador de tamanho renome e representatividade na televisão brasileira venha a proferir insultos e acusações injustas, sem que tenha se informado minimamente sobre a realidade dos fatos".

O embate entre Faustão e Flamengo não tem relação direta com a disputa que o clube carioca trava com o setor comercial da Globo. As duas partes não chegaram a um acordo pelos direitos de transmissão do Campeonato Carioca. Além disso, o Flamengo entrou na Justiça contra a Globo por divergências no contrato do Campeonato Brasileiro.

Flamengo