PUBLICIDADE
Topo

Sem proposta para parcelamento de dívida, Fred aciona Cruzeiro na Justiça

Fred ainda não fez um acerto para deixar o Cruzeiro no mercado da bola - Miguel Schincariol/Getty Images
Fred ainda não fez um acerto para deixar o Cruzeiro no mercado da bola Imagem: Miguel Schincariol/Getty Images

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

10/02/2020 11h21

Resumo da notícia

  • Fred acionou o Cruzeiro na justiça do trabalho na manhã de hoje para tentar a rescisão do contrato com o Cruzeiro
  • As partes chegaram a um consenso sobre a dívida - cerca de R$ 30 milhões. Contudo, não foi enviada uma proposta de parcelamento ao jogador
  • O processo corre em segredo de justiça na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. A audiência será em 3 de março, mas a cúpula ainda não foi notificada
  • O atacante se queixa de atrasos em salários, luvas, direitos de imagem, FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço) e comissão de seus agentes

Fred acionou o Cruzeiro na Justiça do trabalho na manhã de hoje para tentar a rescisão do contrato com o Cruzeiro. As partes tiveram reuniões proveitosas e chegaram a um consenso sobre a dívida - cerca de R$ 30 milhões, além da multa de R$ 10 milhões que deve ser paga ao Atlético-MG. Contudo, não foi enviada uma proposta de parcelamento ao estafe do jogador, o que culminou na tentativa de quebra unilateral do compromisso.

A informação sobre o processo foi divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte com pessoas ligadas ao centroavante de 36 anos.

O processo corre em segredo de justiça na 1ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte. A audiência está marcada para 3 de março. A diretoria cruzeirense ainda não foi notificada da ação.

Fred tentou um acordo com a diretoria do Cruzeiro, mas não recebeu uma oferta real para o parcelamento do débito. Cansado de esperar, o atleta autorizou os seus advogados a tentarem a rescisão contratual de forma unilateral.

O atacante se queixa de atrasos em salários, luvas, direitos de imagem, FGTS (Fundo de Garantia sobre Tempo de Serviço) e comissão de seus agentes. Ele não recebe os vencimentos desde outubro. Nos meses anteriores, não houve pagamento do valor completo.

Fred está no Cruzeiro desde janeiro de 2018. O atacante tem contrato até o fim de 2020. No entanto, não permanecerá na Toca da Raposa II nesta temporada.

Cruzeiro