PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro não quitou compra de Rodriguinho. Dívida é de R$ 8,3 milhões

Meia Rodriguinho, em treinamento do Cruzeiro na Toca da Raposa - Bruno Haddad/Cruzeiro
Meia Rodriguinho, em treinamento do Cruzeiro na Toca da Raposa Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

21/01/2020 04h00

O Cruzeiro tem uma dívida de US$ 2 milhões (R$ 8,37 milhões) com o Pyramids, do Egito, pela compra de Rodriguinho, avaliada em US$ 4 milhões. Os mineiros não depositaram a segunda parcela da transferência do jogador, com pagamento previsto para novembro de 2019. À época, houve uma negociação para financiamento da pendência financeira. Porém, o acordo não foi cumprido novamente, e o débito permanece.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Cruzeiro