PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Gramado de treino já incomoda seleção no Pré-Olímpico na Colômbia

Gramado de estádio utilizado pela seleção para treinos em Armênia não vem agradando elenco e comissão técnica - Lucas Figueiredo/CBF
Gramado de estádio utilizado pela seleção para treinos em Armênia não vem agradando elenco e comissão técnica Imagem: Lucas Figueiredo/CBF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Armenia (Colômbia) e São Paulo

21/01/2020 04h00

A seleção brasileira sub-23 tem enfrentado um problema diário nos treinos na Colômbia para o Pré-Olímpico. O gramado do estádio Alberto Pava Londoño é considerado extremamente duro e isso reflete diretamente em desgaste no tornozelo e no joelho dos atletas. Em um dos treinos, Dodô, do Shakhatr Donetsk, torceu o pé e deu um susto na comissão.

As reclamações, que antes eram só nos bastidores, começaram se tornar públicas nas últimas entrevistas. Inicialmente, a seleção treinaria no próprio hotel, mas, ao desembarcar em Armênia, as condições prometidas pela Conmebol não foram cumpridas. Com isso, a alternativa foi usar o estádio Alberto Pava Londoño, que passou por um trabalho no gramado, mas que ainda está longe de atingir o nível dos campos que os atletas da seleção estão acostumados. (Por Danilo Lavieri)

UOL de Primeira