PUBLICIDADE
Topo

Copa da França - 2020


Com Thiago Silva decisivo e Neymar no banco, PSG avança na Copa da França

Thiago Silva durante partida entre PSG e Lorient pela Copa da França - Stephane Mahe/Reuters
Thiago Silva durante partida entre PSG e Lorient pela Copa da França Imagem: Stephane Mahe/Reuters

Do UOL, em São Paulo

19/01/2020 18h49

Classificação e Jogos

O Paris Saint-Germain avançou para as oitavas de final da Copa da França, na tarde de hoje, após derrotar o Lorient por 1 a 0 no Stade Yves Allainmat. Com Neymar e Mbappé no banco, o capitão Thiago Silva foi um dos destaques do time visitante, sendo o responsável pelo lançamento que originou o gol do espanhol Pablo Sarabia.

O atual líder do Campeonato Francês jogou uma partida morna diante do rival, com poucas chances apresentadas no primeiro tempo e uma segunda etapa também morna.

O gol da partida só saiu aos 35 minutos do segundo tempo, quando Thiago Silva fez um lançamento para a área e Pablo Sarabia subiu para cabecear e abrir o placar.

Antes, a melhor chance dos anfitriões havia sido aos 32 minutos do segundo tempo. Em jogada de contra-ataque, Le Goff, do Lorient, avançou pela esquerda e finalizou bem; a bola foi afastada por Thiago Silva já na pequena área.

O Lorient é o atual líder da Ligue 2, o equivalente à segunda divisão do Campeonato Francês.

As outras equipes classificadas para as oitavas da Copa da França são: Strasbourg, Pau FC, Limonest, Epinal, Nice, Lille, ASM Belfort, Saint Etienne, Olympique, Lyon, Montpellier, Angers, Rennes e Dijon.

O confronto entre Saint-Pryvé Saint-Hilaire e Monaco, marcado para a tarde de amanhã, definirá a última vaga.

Mbappé e Neymar assistiram do banco de reservas a partida entre PSG e Lorient pela Copa da França - Stephane Mahe/Reuters
Mbappé e Neymar assistiram do banco de reservas a partida entre PSG e Lorient pela Copa da França
Imagem: Stephane Mahe/Reuters

Homenagens apagadas

Tanto Neymar quanto Mbappé decidiram prestar homenagens na partida de hoje.

Pelo regulamento do torneio, apenas jogadores titulares devem obedecer as numerações de 1 a 11. No banco, os dois precisaram escolher outros números caso entrassem em campo.

O brasileiro, que normalmente veste a 10, ficou com a camisa de número 12 para homenagear Falcão, do futsal.

Já Mbappé escolheu a camisa de número 14 por causa do ídolo e ex-jogador da seleção francesa, Thierry Henry. As homenagens, no entanto, se restringiram ao banco de reservas, já que nenhum dos dois atuou na partida desta tarde.

Que Deus nos abençoe e nos proteja 🙏🏽⚽️

Uma publicação compartilhada por ene10ta Érre 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

Ouça o podcast Posse de Bola, a mesa redonda do UOL sobre futebol, com Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas