PUBLICIDADE
Topo

Francês - 2019/2020


PSG vence Monaco com mais um gol de Neymar e se isola na ponta do Francês

Mbappé e Neymar marcaram ainda no 1º tempo para dar a vitória fora de casa ao PSG; depois, Sarabia e Mbappé marcaram - Valery Hache/AFP
Mbappé e Neymar marcaram ainda no 1º tempo para dar a vitória fora de casa ao PSG; depois, Sarabia e Mbappé marcaram Imagem: Valery Hache/AFP

Do UOL, em São Paulo

15/01/2020 18h58

Classificação e Jogos

O Paris Saint-Germain ampliou hoje sua vantagem na liderança do Campeonato Francês. Jogando no Stade Louis II, em partida atrasada da 15ª rodada da competição, o time comandado por Thomas Tuchel derrotou o Monaco por 4 a 1, com gols de Kylian Mbappé (dois), Neymar e Pablo Sarabia.

O gol foi o quinto de Neymar em quatro jogos, confirmando o bom momento do atacante brasileiro. Três dias antes, ele havia feito dois no empate por 3 a 3 com o próprio Monaco, mas pela 20ª rodada. Antes, também estufou as redes nas vitórias sobre Saint-Étienne (6 a 1) e Amien (4 a 1).

Com o resultado de hoje, o PSG chegou a 49 pontos em 20 jogos, isolando-se na primeira colocação da liga francesa — o Olympique de Marselha, com 41, é vice-líder. O Monaco, com 29, é o nono.

O jogo

Melhor em campo, o PSG quase abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, em belo lance de Neymar. O brasileiro aproveitou um chute rasteiro de Kylian Mbappé pela esquerda e concluiu de letra. Só não marcou porque Benjamin Lecomte fez boa defesa.

O 1 a 0 saiu pouco depois, aos 23. Após passe em profundidade de Di María pela direita, Mbappé avançou em direção à área e tocou cruzado na saída do goleiro Lecomte para inaugurar o marcador. O VAR chegou a ser acionado para verificar um possível impedimento do francês, mas validou o lance.

Pouco antes do intervalo, o lateral Layvin Kurzawa foi à linha de fundo pela esquerda, tentou girar em cima de Kamil Glik na área e foi derrubado. Pênalti, que Neymar bateu nos acréscimos e converteu para fazer 2 a 0.

O Monaco até tentou equilibrar as ações no segundo tempo, mas foi o PSG quem marcou. Aos 28 minutos, Marco Verratti levantou na área pela direita, e Pablo Sarabia — que havia acabado de entrar no lugar de Mauro Icardi — escorou com com categoria pela esquerda.

No fim do jogo, o time da casa chegou ao seu gol: aos 42, Keylor Navas não conseguiu cortar a falta cruzada na área pela direita Adrien Silva, e a bola pegou na coxa de Tiémoué Bakayoko antes de entrar.

Mesmo assim, nos acréscimos, o PSG fez mais um: em rápido contra-ataque, Neymar avançou pelo meio e acionou Mbappé, que invadiu a área pela esquerda e mandou cruzado para o gol, dando números finais à partida.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado inicialmente, quem sofreu o pênalti no segundo gol do PSG não foi Kylian Mbappé, mas sim o lateral Layvin Kurzawa. A informação foi corrigida.